Investidor e diretoria assinam contrato para a construção do novo estádio do Meridional; obras começam na próxima semana

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Padre José Maria abençoou o ambicioso projeto/ DIVULGAÇÃO

Uma noite histórica para Lafaiete. Foi assinado nesta quinta-feira (9) a assinatura do contrato para o início das obras de revitalização do estádio do Meridional Esporte Clube.
Presentes ao evento alguns Meridionalinos e representantes do grupo investidor que  devem iniciar os trabalhos na próxima segunda-feira (13)
Os representantes do Meridional assinaram o contrato Afonso Gonçalves Pereira (Presidente do Conselho Deliberativo), Mário Augusto Batista (Diretor Presidente Administrativo) e Dr. Geraldo Otoni Costa Filho  (Diretor Jurídico). O engenheiro Eládio José Lopes (Conselheiro do clube e Supervisor do Projeto) assinou como uma das testemunhas.

Momento da assinatura do contrato/ DIVULGAÇÃO

Pelo lado dos investidores, assinaram também o contrato Robson de Oliveira Matos (Diretor Presidente da Nacional Tintas), empresa garantidora do “Projeto Meridional do Futuro “, e Felipe Amorim Matos (Diretor da Construtora Projetto), pertencente ao Grupo Nacional Tintas. Compareceu também a este evento, o Pároco José Maria Coelho que abençoou, segundo as suas palavras, o ambicioso empreendimento.

Ao final deste histórico acontecimento, os presentes participaram de um coquetel, com muita alegria e a certeza de que em breve, a história do MERI, do bairro e da cidade, será para sempre marcada por esta grandiosa obra.

Hall de entrada e fachada da nova arena que terá 19 lojas comerciais /DIVULGAÇÃO

Mega investimento
Lafaiete está bem próxima de receber em breve um mega investimento que dotará a cidade com um dos mais modernos complexos esportivos e de lazer do interior de Minas que irá orgulhar e elevar a autoestima dos lafaietenses.Fruto de uma parceria entre empreendedores visionários e um clube de tradição futebolística quase centenária, nasceu o projeto “Meridional do Futuro”, unindo uma arquitetura de encher os olhos pelo bom gosto e estrutura arrojada.
Tudo concebido e projetado nos mínimos detalhes para atender às normas de segurança e dentro de um alto padrão de engenharia e arquitetura, com pressupostos de acessibilidade, modernidade, mobilidade, sustentabilidade e conforto, privilegiando os usuários do complexo.A intenção é unir a preservação da história do clube e prover a entidade de condições de levar a cabo a tão sonhada profissionalização de suas atividades, dando um salto de qualidade jamais visto no futebol de Lafaiete e da região.A concepção do projeto iniciou há mais de 3 anos quando a diretoria do Meridional procurou empreendedores lafaietenses, da Construtora Projetto, interessados em construir um novo estádio DR Mário Rodrigueis Pereira, e em contrapartida, eles terão o direito de uso comercial de parte do espaço.

Inauguração
A intenção inicial é inaugurar o novo estádio em 2022 nos 100 anos do Meridional Esporte Clube, marco que resgatará as glórias passadas quando disputou o campeonato Mineiro de Futebol, história ainda viva na memória dos lafaitenses e o que nova arena perpetuará.

O projeto

Está em aprovação pelos Bombeiros, do Plano de Evacuação, Incêndio e Pânico. Dos mais de 15 mil m² de área, o projeto prevê o uso de cerca de 13 mil m² destinado a arena.

Gramado terá tamanho padrão da Fifa / DIVULGAÇÃO

Na moderna fachada serão construídas 21 amplas lojas comerciais. Destas, duas serão do clube. As demais serão a contrapartida do empreendedor pelo investimento.
A reforma contemplará ainda ao Meridional: iluminação, vestiários, arquibancadas, salão de eventos (mais de 400 pessoas), estacionamento sobre as lojas, bar, bilheteria, salas administrativas, memorial, cabines e tribuna. O campo terá medidas exigidas pela FIFA de 105 por 68 metros. A arena, que ficará ao nível da rua, terá capacidade de 1,5 mil torcedores com rampa para estacionamento e moderno hall de entrada.

Valorização e visibilidade
Para a aprovação legal da obra de construção da nova arena foi elaborado o projeto de impacto de vizinhança. Antes ainda o projeto passou pelo crivo unânime dos membros do COMPHIC (Conselho Deliberativo Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural), assegurando que o projeto respeita as leis culturais e memória do município.
Os empreendedores e a direção do clube planejam uma obra com o mínimo de transtorno possível.

A obra, que deve gerar mais de 250 empregos ao longo de sua execução, vai privilegiar integralmente mão de obra local.
Assim concluída, a nova arena vai valorizar a região do Bairro Santa Efigênia e adjacências. E mais: dará uma nova dimensão ao futebol de Lafaiete e região. Será um novo patamar para a cidade, estabelecendo uma marca divisora de águas na história do futebol local como também em termos de investimentos, empreendedorismo, confiança no potencial da cidade e desenvolvimento econômico com impactos diretos no crescimento comercial de Lafaiete.

Leia mais

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *