15 de junho de 2024 23:59

Região permanece na onda amarela e vive expectativa de avanço

Cinemas, casas de festas, eventos, turismo parques de diversão e shows, Categorias consideradas de alto risco sanitário para a transmissão do coronavírus, esses setores estiveram paralisados em todo o Estado nos últimos cinco meses por conta da pandemia, pelo menos até o fim desta semana. Pela primeira vez, o governo autorizou uma região a reabrir o setor a partir do próximo sábado (5): os municípios do Norte que aderiram ao Minas Consciente.
A decisão do Comitê Estadual foi publicada hoje (3) no Diário Oficial, quando a microrregião de Lafaiete e Congonhas permanece onda amarela.
Porém, o programa de flexibilização da economia prevê protocolos de segurança para evitar a disseminação da doença nesses locais, como a restrição da lotação máxima para até 30 pessoas por ambiente. Além da região Norte, que tem 86 cidades, outras 16 microrregiões que tiveram índices de transmissão considerados aceitáveis pelo governo também podem avançar para a onda verde. Entre as localidades, estão Congonhas, Barbacena, Conselheiro Lafaiete, Ponte Nova, São João Del Rey e Itabira.
PUBLICIDADE
Conforme o texto, ainda podem ser retomadas feiras, congressos, exposições, atividades artísticas e discotecas. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), lembrou que foram seguidos critérios rigorosos para permitir o avanço ao último nível do plano.
Pós-graduação
Outra novidade anunciada pelo governo é a permissão dos cursos de pós-graduação, como mestrado, doutorado ou especialização, retomarem as atividades nas cidades classificadas na Onda Amarela, como a região metropolitana de Belo Horizonte, a partir de sábado.
“A decisão foi tomada pelo Grupo Executivo Covid-19 na última terça-feira (1). Foram observados a capacidade de adaptação do setor, além de uma tendência a pouca aglomeração e à natureza esporádica das aulas presenciais”, informou o Executivo.
Saiba o que pode funcionar em cada onda:
Vermelha
•    Supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência;
•    Bares (somente para delivery ou retirada no balcão);
•    Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros;
•    Serviços de ambulantes de alimentação;
•    Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop;
•    Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito;
•    Vigilância e segurança privada;
•    Serviços de reparo e manutenção;
•    Lojas de informática e aparelhos de comunicação;
•    Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões;
•    Construção civil e obras de infraestrutura;
•    Comércio de veículos, peças e acessórios automotores.
Amarela
•    Bares (consumo no local);
•    Autoescolas e cursos de pilotagem;
•    Salões de beleza e atividades de estética;
•    Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo;
•    Papelarias, lojas de livros, discos e revistas;
•    Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem;
•    Comércio de itens de cama, mesa e banho;
•    Lojas de móveis e lustres;
•    Imobiliárias;
•    Lojas de departamento e duty free;
•    Lojas de brinquedos;
•    Academias (com restrições)
•    Agências de viagem
•    Clubes
Verde
•    Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo
•    Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos
•    Parques, zoológicos e jardins
•    Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê
•    Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca
•    Bares com entretenimento (shows e espetáculos)
•    Serviços de colocação de piercings e tatuagens

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade