21 de junho de 2024 17:50

Demissão em Massa: gigante transportadora cortará 12 mil postos de trabalho

A United Parcel Service (UPS) está elaborando planos para reduzir 12.000 cargos de gerência e avaliar a possibilidade de vender sua divisão de corretagem de caminhões, Coyote. Essas medidas estão sendo implementadas pela CEO, Carol Tomé, como uma resposta à diminuição da demanda e aos crescentes custos trabalhistas associados aos sindicatos.

As reduções de empregos, cerca de 14% dos 85.000 gerentes em tempo integral e parcial, economizarão US$ 1 bilhão este ano e mais nos anos seguintes, disse Tomé em uma teleconferência de resultados com analistas nesta terça-feira (30). Ela também disse que a empresa planejava pedir aos trabalhadores que retornassem ao escritório cinco dias por semana em 2024.

“Vamos adequar nossa organização à nossa estratégia e alinhar nossos recursos com o que é extremamente importante”, disse Tomé na teleconferência de resultados. Ela disse que, mesmo depois que os volumes de remessa crescerem, esses empregos não voltarão, pois “é uma mudança na forma como trabalhamos”.

As ações da UPS sofreram uma queda de 8,3% nesta manhã de terça-feira (30) em Nova York.

Após registrar uma redução de 9,3% nas vendas anuais, a UPS projetou um modesto aumento de 1,1% em 2024. A fraca demanda na Europa e nos EUA resultou em uma diminuição geral de 7,5% nos volumes de entrega do quarto trimestre.

Custos de mão de obra mais elevados e uma menor demanda por pacotes contribuíram para vendas no quarto trimestre e previsões para 2024 que ficaram aquém das expectativas dos analistas. A UPS está explorando estratégias alternativas para seu negócio de corretagem de caminhões, o qual experimentou uma queda nas vendas em meio a uma recessão no transporte, caracterizada por tarifas em declínio e excesso de capacidade.

Tomé mencionou que a UPS conseguiu recuperar quase 60% do volume de remessas perdido durante as disputadas negociações sindicais no ano passado. A demanda por remessas também diminuiu, pois as pessoas optaram por fazer mais compras de fim de ano nas lojas após a pandemia, e a inflação reduziu o poder de compra.

As remessas para a Amazon.com representaram 11,8% da receita do ano passado, em comparação com 11,3% em 2022, revertendo a tendência de redução da dependência da UPS de seu maior cliente, que normalmente negocia descontos. O aumento da participação da Amazon nas vendas foi impulsionado por uma redução mais acentuada de outros grandes clientes, e a empresa ainda busca uma “redução gradual” na receita proveniente da Amazon, conforme afirmou o diretor financeiro Brian Newman durante a teleconferência. A UPS tem direcionado seus esforços para pequenas empresas e clientes do setor de saúde, que possuem margens mais elevadas.

Tomé já havia alertado anteriormente que o novo acordo trabalhista para os 340.000 membros do sindicato da UPS afetaria os lucros da empresa no primeiro semestre, pois grande parte dos aumentos salariais ocorre no primeiro ano. Na terça-feira (30), ela enfatizou que a UPS está concentrada em aumentar a eficiência e migrar para entregas mais lucrativas, como as de suprimentos médicos.

Demanda fraca

As vendas para 2024 devem ficar entre US$ 92 bilhões e US$ 94,5 bilhões, disse a UPS. Esse valor é menor do que o ponto médio das estimativas de US$ 95,7 bilhões de 30 analistas consultados pela Bloomberg News. Os efeitos combinados do acordo trabalhista, que entrou em vigor em 1º de agosto, e as perspectivas de vendas reduzirão o lucro — a UPS prevê que a margem operacional ajustada será de 10% a 10,6% para o ano, abaixo dos 10,9% de 2023 e das opiniões dos analistas de 11,3% para 2024.

A UPS reduziu os voos devido à fraca demanda no frete aéreo, especialmente na Europa, e ao excesso de capacidade resultante da expansão das programações internacionais das companhias aéreas. Não está claro se as recentes interrupções no transporte marítimo no Canal de Suez, causadas pelos ataques dos rebeldes Houthi, e a seca que está afetando a movimentação de navios no Canal do Panamá levarão a uma transferência adicional de negócios para o transporte aéreo.

Tomé pretende estabelecer metas de longo prazo durante uma reunião com investidores agendada para março.

Com informações de Valor Econômico

FONTE TERRA BRASIL NOTÍCIAS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade