22 de junho de 2024 18:19

Antes da morte, “sô Manoel” recebeu homenagem de escritor, imortalizando sua figura; “o céu está em festa”

“Não existe partida para aquele que viverá eternamente na lembrança dos lafaietenses, ele sempre estará em nosso imaginário. Conversei apenas uma única vez com o Senhor Manoel, se soubesse que seria a última teria aproveitado mais a companhia dele. Tive a honra de homenageá-lo em vida, mas infelizmente a despedida é necessária para que um dia nos encontramos outra vez. Quando um lafaietense for para o céu, não esqueça de dar um abraço no Sr. Manoel”.

Esta foi a homenagem que o escritor lafaietense, Fernando Resende, fez ao “Sô Manuel, figura folclórica de lafaiete, que faleceu faleceu hoje (30). Ele ficou popularmente conhecido por andar pelas ruas com uma caneta à mão dizendo “ladrão,,, ladrão”.

Antes de sua morte, ainda esta semana, o escritor lançou seu livro “Conselheiro Lafaiete, coisa de doido”, no qual caricaturava Emanuel Narciso dos Santos, de 94 anos. “O livro é uma homenagem a estas figuras de Lafaiete e uma forma de imortalizar “Sô Manuel”, disse o escritor.

Ainda bem que a homenagem foi em vida. Fernando foi a casa do homenageado antes de sua morte, no Bairro São João, quando lhe presentou com o livro.

Uma justa homenagem!

Leia mais:

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade