30 de maio de 2024 17:32

Jovem Orquestra de Ouro Branco se apresenta com Celso Adolfo hoje (09) em BH e amanhã (10) em Ouro Branco

Concerto em BH será 9 de dezembro, sábado, e em Ouro Branco no dia seguinte, 10 de dezembro, domingo. No repertório, além de obras de Celso Adolfo, a JOOB incluiu peças de Satie, Mussorgsky e outros

Jovem Orquestra de Ouro Branco – JOOB – realiza dois concertos esta semana. Com tema A Música e outras artes, a primeira apresentação será dia 9 de dezembro, sábado, às 20h, no Teatro Feluma,com ingressos a preços populares. Já a segunda será em Ouro Branco, dia 10 de dezembro, domingo, na Capela de Santana da Fazenda Pé do Morro, às 18h, com entrada gratuita.

A regência é do maestro Marcos Silva-Santos e o concerto conta com a participação especial do cantor e compositor mineiro Celso Adolfo

Neste concerto, a JOOB explora a relação entre a música e outras expressões artísticas como a dança, a pintura, o teatro e a literatura.

A peça que abre o programa, Italiana, é de autor desconhecido, do período renascentista e foi orquestrada no século XX pelo italiano Otorrino Respighi. “Italiana compõe a Suíte No 3 de danças e árias antigas deste compositor que promove um resgate de músicas que eram comumente tocadas no alaúde para serem dançadas”, explica o regente Marcos Silva-Santos. 

A obra seguinte, Le Piége du Meduse, é de uma peça teatral, estreada em 1921, assinada por Erik Satie. Descrita por Satie como uma “comédia lírica”, a obra tem como música original uma série de sete danças curtas, originalmente escritas para piano, mas que ganharam outras versões ao longo do tempo. “Esta peça mostra influências da estética cubista e parte de práticas populares na época, lembrando por vezes música de cabaré, com ares mais sofisticados de uma harmonia pós-impressionista”, diz Marcos. 

Em seguida, temos três peças da obra mais célebre do russo Mussorgsky, Quadros de uma exposição, escrita após uma visita à exposição póstuma de quadros de seu amigo Viktor Hartmann. “Quadros de uma exposição é uma série de peças curtas inspiradas nos quadros de Viktor. Uma Promenade introduz a série e conecta um quadro a outro. Aqui tocaremos, além da Promenade inicial, uma peça para um quadro: Bydlo, em que a música ilustra a passagem de um carro de bois e seu rangido constante”, afirma o maestro.

Já o Adagio para cordas de Barber, embora seja muito reconhecido (executado em posse de presidente dos EUA, remixado por DJ popstar, etc), não tem sua inspiração em um texto de Virgílio muito difundida. Trate-se do poema Geórgicas, em que são exaltados o campo e a natureza e suas dimensões de harmonia e serenidade. 

A JOOB continua a explorar a relação entre música e literatura com o convidado especial, o cantor e compositor mineiro Celso Adolfo. Além das canções de texto próprio que têm letras extremamente poéticas, Celso Adolfo constantemente compõe música para textos de escritoras e escritores brasileiros, entre eles: Guimarães Rosa, Henriqueta Lisboa, Mário de Andrade, Carlos Drummond de Andrade, entre outros. Aqui ele apresenta músicas conhecidas, como Coração Brasileiro e Brasil, nome de vegetal.     

O concerto em BH, no Teatro Feluma, terá ingressos a preços populares (R$10,00 e R$5,00) que podem ser comprados pela plataforma Sympla. Já em Ouro Branco a entrada é gratuita. 

A Jovem Orquestra de Ouro Branco tem patrocínio da Gerdau, por meio da Lei de Incentivo à Cultura; apoio Cartório 1o Ofício; CORI Registro de Imóveis, Hotel Verdes Mares,  Fazenda Pé do Morro,Teatro Feluma e Amigos da Orquestra. 

Amigos da JOOB

Em 2023, a JOOB se transformou em um grupo estável, em que alunos e ex- alunos recebem uma bolsa mensal. Mas para conseguir manter isso, precisamos do apoio de pessoas e empresas. Por isso lançamos o programa de doação – AMIGOS DA ORQUESTRA. 

Qualquer empresa ou pessoa física pode colaborar com a quantia que for possível, de acordo com sua realidade econômica. Se você̂ quer fazer parte da nossa história e se tornar um Amigo da Orquestra envie um e-mail para casademusicaob@gmail.com ou acesse nosso site (www.casademusica.org) para mais informações. 

JOVEM ORQUESTRA DE OURO BRANCO – JOOB

Criada em 2001, a é formada por cerca de 20 alunos das oficinas de instrumentos da Casa de Música de Ouro Branco. A Orquestra tem regência do maestro Marcos Silva- Santos. Desde sua fundação, o grupo realiza diversos concertos em Ouro Branco e nas cidades da Estrada Real, além de se apresentar diversas vezes em Belo Horizonte. Destacam-se projetos como o Gastrofônica, que une música e gastronomia e foi sucesso de público e crítica, o espetáculo cênico-musical Sítio do Pica-pau Amarelo e o musical “O Mundo Mágico da Orquestra”, a apresentação em projetos sociais como na APAC de Santa Luzia, os concertos na Semana da Música e no Festival de Violoncelos de Ouro Branco, além de obras como “A Paixão Segundo São João”, de J.S. Bach,; “A Missa em Sol de Schubert”, com o Coral do Sesiminas, em Mariana e Ouro Branco; “Magnificat”, de C. Ph. Emanuel Bach e “Come, Ye Sons of Arts, away”, de Henry Purcell e “Requiem”, de W.A Mozart, com o Coro da UFMG.

CASA DE MÚSICA DE OURO BRANCO

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

Mais informações: www.casademusica.org

Instagram: @jovemorquestradeourobranco / @casademusicaob

SERVIÇO 

CONCERTO JOVEM ORQUESTRA DE OURO BRANCO – JOOB

A Música e outras artes

Realização: Casa de Música de Ouro Branco

9 de dezembro, sábado 

20h

Teatro Feluma (Alameda Ezequiel Dias, 275 – 7º Andar – Centro, Belo Horizonte)

Ingressos: R$5,00 e R$ 10,00 (venda pela plataforma Sympla)

10 de dezembro, domingo 

18h

Capela de Santana – Hotel Fazenda Pé do Morro – Ouro Branco

Entrada gratuita

Regência: Marcos Silva Santos

Participação especial: Celso Adolfo

PROGRAMA

Respighi, Ottorino

            Antiche danze et arie, Suite N. 3

                        Italiana (dança do séc. XVI)

Satie, Erik

            Le Piège de Meduse 

Mussorgsky, Modesto

            Quadros de uma exposição (orq. Michel Rondeau)

                        Promenade

                        Bydlo (carro- de-bois)

Barber, Samuel

            Adagio para cordas, Op. 11

Celso Adolfo

            Coração Brasileiro

            Brasil, nome de vegetal      

            Nós Dois

            Mariquinha

            Ralando o coco

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade