27 de maio de 2024 22:29

Orquestra de Ouro Preto realiza concerto hoje no Museu de Congonhas

O Museu de Congonhas recebe no dia 18 de maio, às 20h, a apresentação da Orquestra Ouro Preto, com regência do Maestro Rodrigo Toffolo. Durante o concerto, a Orquestra Ouro Preto brindará o público com um repertório fortemente inspirado na efervescência cultural da América Latina, com obras que compreendem o universo sonoro da música brasileira e portenha. Os ingressos custam R$ 2,00 e podem ser adquiridos na bilheteria do espaço cultural.

A apresentação contará com a participação do bandoneonista e compositor argentino, radicado no Brasil, Rufo Herrera, que exibirá a paisagem sonora de Buenos Aires com os tangos “El Choclo”, “Libertango” e La Cumparsita. Flertando com outras paisagens sonoras, destaque ainda para “Suíte St. Paul”, de G. Holst (1874 – 1934), “Mini concerto para cordas” de Cláudio Santoro (1919 – 1989).

Orquestra Ouro Preto - Série Petrobrás. Concerto no teato Palladium em Belo Horizonte. Rufo Herrera, bandoneón. Sérgio Alluoto, vibrafone. Fotos: Rafael Motta
Orquestra Ouro Preto – Série Petrobrás. Concerto no teato Palladium em Belo Horizonte. Rufo Herrera, bandoneón. Sérgio Alluoto, vibrafone. Fotos: Rafael Motta/Reprodução

Um dos compromissos da Orquestra Ouro Preto é o comprometimento com a Música Brasileira. Esta prioridade se materializa, antes de tudo, face ao rico patrimônio imaterial brasileiro – a música da Escola Mineira de Compositores. Parte indissociável da história brasileira, a cidade de Ouro Preto, “Patrimônio Cultural da Humanidade”, tem sua história ligada ao esplendor do ouro no Século XVIII. A música feita nesta época é trabalho de pesquisa, restauração e execução, tarefa que a Orquestra Ouro Preto vem desenvolvendo desde sua formação.

Outra vertente da Orquestra diz respeito à execução dos clássicos estrangeiros. Obras de artistas clássicos como Albinoni, Bach, Haydn, Leroy Andersen, Tchaikovsky, entre outros, aparecem regularmente nos repertórios apresentados pelo grupo. Trabalhos com artistas populares nacionais e internacionais também é foco de interesse da Orquestra Ouro Preto. Além da parceria com o artista Alceu Valença, a Orquestra realizou parcerias com artistas importantes do cenário musical brasileiro, como Antônio Nóbrega e Fernanda Takai. Além disso, criou, no ano de 2012 e circula até hoje, com o Concerto Orquestra Ouro Preto – The Beatles, sucesso de público e crítica.

Maestro Rodrigo Toffolo

Doutorando em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa, Mestre em Musicologia pelo Departamento de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rodrigo Toffolo é membro fundador e diretor artístico da Orquestra Ouro Preto, assumindo, em 2007 a regência titular do grupo.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade