17 de maio de 2024 21:38

Nova linha de crédito para pequenas empresas é disponibilizada pela Caixa

Decisão pode ajudar na melhoria da saúde financeira das empresas e na manutenção de empregos, avalia executivo

Nesta segunda-feira, 24 de agosto, a Caixa Econômica federal disponibilizou novas linhas de crédito para facilitar o acesso de empresas de pequeno e médio porte ao capital de giro. A decisão, tomada pela Caixa em conjunto com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), teve como principal motivação o impacto econômico causado pela pandemia da Covid-19 sobre tais organizações brasileiras.

As novas linhas são destinadas para empresas cujo faturamento varia entre 360.000 e 300 milhões de reais ao ano, considerando a receita bruta de 2019, e têm garantia do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), do Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (PEAC), originado da MP 975/2020. O valor mínimo do crédito que poderá ser solicitado é de R$ 15 mil, com limite máximo de R$ 10 milhões.

Os recursos oferecidos para as organizações poderão ser usados para o pagamento de despesas operacionais, como pagamento de salários e compra de matérias primas, bem como para investimentos, como aquisição de equipamentos, por exemplo. O prazo para pagamento do crédito oferecido é de até 60 meses, com um período de carência de 9 a 12 meses. No caso de pequenas empresas, a taxa de juros é de 0,63% ao mês e para grandes empresas, a taxa é a partir de 0,53% ao mês.

As pequenas empresas, com faturamento anual até 30 milhões de reais em 2019, podem solicitar o crédito diretamente nas agências da Caixa ou no site do banco, através do preenchimento do formulário no site Caixa Com sua Empresa. Já para as médias empresas, com faturamento anual superior a 30 milhões de reais, a solicitação deve ser feita através de contato direto com as agências empresariais, para que os documentos necessários sejam coletados e os demais processos de contratação sejam realizados.

 “Direcionar esse crédito subsidiado para pequenas empresas é benéfico no momento em que estamos, principalmente porque as organizações em questão não têm acesso a taxas reduzidas de outras formas”, comenta Thomas Carlsen, COO e co-fundador da mywork, empresa especializada em controle de ponto online e gestão de Departamento Pessoal, “Isso pode ajudar tanto na melhoria da saúde financeira das empresas quanto na manutenção de empregos”, avalia o executivo.

A princípio, as contratações das novas linhas de crédito podem ser feitas até dia 31 de dezembro de 2020 ou até a utilização do limite disponibilizado para a Caixa, o que ocorrer primeiro.

TEXTO: Beatriz Candido Di Paolo

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade