20 de maio de 2024 09:06

Repúblicas de Ouro Preto recebem multa de 10 mil por Carnaval clandestino

   Fiscalizações fizeram o flagrante de seis repúblicas estudantis de Ouro Preto, fazendo festa clandestina e cada uma foi multada no valor de 100 Unidades Padrão Municipal (UPM), o que equivale a R$ 9.915, e uma delas teve um aparelho de som apreendido.

            De acordo com o Departamento de Fiscalização, da Secretaria de Defesa Social de Ouro Preto, as quatro multas e a apreensão do som ocorreram no domingo (14) e outras duas repúblicas foram multadas na segunda-feira (15). Segundo o diretor do Departamento de Fiscalização, José Geraldo de Oliveira, essas ações se intensificaram no período de carnaval e ocorreram com o apoio da Polícia Militar com o objetivo de conter aglomerações na cidade, segundo as diretrizes estabelecidas pelo Plano Minas Consciente.

            No relatório parcial de vistoria e fiscalização, das 18h de sexta-feira (12) até as 6h de segunda (15), foram realizadas 273 diligências em diversos pontos da sede do município e nos distritos. O foco principal foram as repúblicas estudantis, bares, restaurantes, residências particulares e outros pontos de possível aglomeração e/ou com possibilidade de realização de eventos clandestinos.

            Nesse período, segundo o relatório, foram registrados 17 autos de infração, um deles foi na República Ninho de Amor, localizada no Centro Histórico. Outro auto com destaque foi no distrito de Lavras Novas, onde um bar foi autuado por aglomeração e música ao vivo. No subdistrito Chapada, distrito de Santo Antônio do Leite, uma festa clandestina também foi paralisada. 

Fonte: Jornal Ponto de Vista

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade