A força da ação social: Com muita dedicação e entusiasmo, Andarilhos Queluzianos realizam, com sucesso, a 7ª Feijoada Beneficente

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Laércio Rezende Amaral – Andarilho Queluziano

Com a realização desta 7ª Feijoada Beneficente, no dia 20 de maio de 2018, os Andarilhos Queluzianos demonstram, mais uma vez, que a filantropia é também um dos grandes objetivos do grupo. Quem conhece o grupo já sabe disto.

Resgatando um pouco de nossa história, já na primeira caminhada, em 2004, os Andarilhos Queluzianos fizeram também a sua primeira ação filantrópica doando 40 litros de leite para uma instituição de caridade. Portanto, o grupo já nasceu destinado a promover a boa convivência entre amigos praticantes de caminhadas de longa distância juntamente com ações voltadas para a ajuda humanitária. As ações filantrópicas sempre seguiram paralelamente às atividades de caminhadas e sociais. Com o passar do tempo, o grupo foi aumentando na mesma proporção em que crescia a vontade de querer ajudar, ao máximo possível, ao próximo necessitado.

Com muita dedicação e entusiasmo, Andarilhos Queluzianos realizam, com sucesso, a 7ª Feijoada Beneficente/Divulgação

A primeira feijoada, ocorreu em 2012. Foi um ideia audaciosa em promover um evento com total força do grupo que buscaria a adesão da comunidade, parceiros e doadores. Foi um passo bem estudado o que garantiu o sucesso total do evento. Isto nos motivou muito e, desde então, em todos os anos o evento se repete com a adesão de um número cada vez maior de integrantes do grupo, parceiros, voluntários, doadores, simpatizantes, convidados. Alguns estão juntos com os Andarilhos Queluzianos desde o início.

Assim, no dia 20 de maio de 2018, aconteceu a nossa 7ª Feijoada Beneficente no Salão de Eventos do Clube Recreativo Dom Pedro II.

As empresas Ótica Matos e Óticas + Mais, Jornal Correio da Cidade, Jornal Jornal Correio de Minas e o próprio Clube Recreativo Dom Pedro II deram o seu apoio a este evento que já se tornou parte do calendário social da cidade.

Foram vendidos todos os 720 convites disponibilizados o que demonstrou, além do apoio total da comunidade, todo o empenho dos 110 participantes do grupo em relação a esta ação beneficente.

A motivação do grupo foi tão grande que pode ser vista no comportamento de seus integrantes que arregaçaram as mangas para cumprir cada detalhe planejado ao longo de 2 meses. Desde sexta-feira, os preparativos finais já estavam sendo executados na casa do Cante, diretor de eventos. Transporte e estocagem de insumos alimentícios, talheres, vasilhames e pratarias. Na fase seguinte, integrantes do grupo compareciam para auxiliar a família Rosa e amigos, todos voluntários, nos preparativos de alimentos.

Andarilhos são exemplo do voluntariado pelas causas sociais/Divulgação

No sábado, enquanto os alimentos eram preparados, um grande grupo compareceu ao salão de eventos do Clube Recreativo Dom Pedro II dando início à formação de kits de pratos e talheres. Paralelamente, atividades de elaboração da feijoada eram cumpridas na casa do Cante.

No domingo, já às 08h00 da manhã, mais andarilhos compareceram ao clube para organizarem as mesas, descascarem laranjas, fixarem faixas e baners. Simultaneamente, na casa da família Rosa, dava-se continuidade à elaboração da feijoada e enchimento das panelas. Finalmente, por volta de 11h00 outros integrantes transportavam, nas camionetes as panelas com alimentos prontos para o grande início do evento.

Já no Clube Recreativo Dom Pedro II, na entrada de acesso do salão de eventos, alguns membros do grupo se dedicavam ao controle de venda de convites e recebimento de convidados. Outros se responsabilizavam com a venda de cocadas em uma barraca enquanto em outra, estava sendo vendida a deliciosa caipirinha preparada pelo parceiro de anos, o Eli juntamente com sua esposa. Com a chegada dos convidados, voluntários como os garçons, cozinheiras e vários andarilhos se envolviam nas atividades de abastecimentos dos aparadores onde era servida a feijoada.

Foram muitos os elogios recebidos pelo grupo quanto à organização do evento e isto mostrou que aprendemos, a cada ano, a planejar melhor e sermos mais eficientes. Falhas sempre podem ocorrer porque tudo é muito dinâmico mas estas são observadas e anotadas para, posteriormente, serem discutidas em reunião de avaliação para que soluções evitem novas ocorrências no próximo evento. Foram horas e mais horas de grande envolvimento dos organizadores e apoiadores do evento mas o êxito final virá com a entrega das doações conseguidas com o resultado financeiro obtido.

Queremos, neste momento, agradecer a cada um de nossos parceiros sem os quais nada seria possível. Muitos forneceram doações em dinheiro, materiais e ingredientes necessários. Estas doações permitiram cobrir o custo total da feijoada, portanto, podemos dizer que, toda a venda dos 720 convites, terá o resultado máximo esperado e que será totalmente revertido em bens a serem doados a entidades filantrópicas de nossa cidade. Este deverá ser o nosso melhor resultado alcançado em todas as 7 edições de nossas feijoadas beneficentes.

É por isto que temos muito a agradecer a cada pessoa ou entidade que tem apoiado este evento. Temos, em nosso grupo, o Guilherme Vinícius (Jornal Correio de Minas) e o Luiz Fernando (Jornal Correio da Cidade) que contribuem muito com a divulgação deste e outros eventos. Contamos também com o apoio incondicional e vibrante dos 110 integrantes do grupo, cada qual assumindo variadas e importantes funções e responsabilidades. A cada ano, temos a certeza de que tudo dará certo em razão do envolvimento fundamental dos amigos Cante e Pedro Rosa juntamente com seus familiares e amigos atuando na linha de frente dos preparativos da feijoada. Às cozinheiras, ajudantes, garçons, todos voluntários, o nosso muito obrigado pela dedicação ímpar e fundamental de todos estes anos. À diretoria do Clube Dom Pedro e aos amigos da Loja Maçônica Estrela de Queluz, deixamos aqui o nosso reconhecimento por todo e fundamental apoio e parceria na parte logística. A cada um dos 720 convidados deste ano, agradecemos o apoio através da aquisição dos convites e o comparecimento ao evento. Sem vocês, convidados, todo o esforço seria em vão. Parabéns e agradecimentos de coração ao conjunto Parte do Alto que, tradicionalmente, cedeu sua arte ao evento, fazendo brilhar ainda mais o ambiente local. Aos organizadores, nossos parabéns. Não é fácil fazer acontecer um evento deste porte com total sucesso. Assim, com o envolvimento e comprometimento de todos, conseguimos atingir o objetivo maior que é levar um pouco mais de conforto a quem precisa.

Oportunamente, após fechado o relatório financeiro desta feijoada, será feita uma publicação do mesmo bem como publicaremos a relação de todos os doadores desta campanha.

Somos uma grande família que irradia um brilho de amor ao próximo e de fraternidade. É este brilho que ilumina e mostra a estrada certa, sob as bênçãos de São Francisco (nosso padroeiro) e de nosso Deus. Estes eventos também se tornam mais uma oportunidade de confraternização entre os membros do grupo juntamente com familiares e amigos.

Aproveitamos a oportunidade para convidar a todos para a festa junina no Clube Dom Pedro, nos dias 22, 23 e 24 de junho. Estaremos lá com nossa barraca em mais um evento filantrópico.

Abraços a todos.

Confira as fotos na galeria:

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *