Amalpa antecipa ao novo edital de concessão da BR 040 em busca de informações aos municípios e exerce pressão para a construção do anel rodoviária de Lafaiete

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No dia 8, o Presidente da AMALPA e Prefeito de Queluzito,Célio Pereira de Souza, o “Celinho”, acompanhado do Secretário Executivo, Claudionei Nunes, e do Presidente da SOREAR e Inspetor do CREA-Minas Crispim Ribeiro, estiveram em Belo Horizonte em reunião com o responsável das Relações Institucionais da Via 040 Frederico Souza.

Amalpa já quer conhecer o novo edital de concessão da BR 040 para atuar em favor dos municípios nos quais a BR 040 corta

A comitiva foi buscar informações com relação ao novo edital para a concessão do trecho da Via 040 que é de Brasília (DF) à Juiz de Fora (MG), quando foi sugerido pelo diretor que colocasse sugestões e reivindicações dos municípios com relação aos trevos de acesso às margens da 040.
A intenção é conhecer de perto o teor do edital para propor intervenções e mudanças, se necessárias, em favor do municípios nos quais a BR corta. A atuação antecipa vai garantir conhecer em detalhes a nova concessão exercendo assim pressão e força política em favor da região na busca de obras e benefícios.

Entre as principais revindicações dos municípios está a construção da contorno em Lafaiete, obra que desafogaria o trânsito local.

Estudos realizados em 2015, que avalizaram a mudança de trajeto da contorno, mostraram que diariamente cerca de 750 carretas cortam o centro de Lafaiete vindo da MG 482, sentido Zona da Mata, e da MG 129, de Ouro Branco. O projeto, que ainda não saiu do papel, obteve aval da Via 040 e da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). A proposta inicial a contorno passaria por São Gonçalo. Já o novo trajeto cortaria sentido Itaverava.

Apesar de esforços, o projeto não saiu do papel.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *