Anticoncepcionais em fêmeas x castração!

23

Hoje vamos falar de um método contraceptivo muito usado em cadelas e gatas para evitar crias e filhotes indesejados.
Zele pela saúde do seu animal de estimação, afinal você é o responsável pela vida dele, é seu dever mantê-lo saudável! Ao aplicar anticoncepcionais, você está sendo totalmente inconsequente. Não há desculpa que justifique tal atitude. Jamais coloque a vida “dele” em risco, “ele” jamais colocaria a sua! “Seja a pessoa que seu cachorro pensa que você é”. É leigo no assunto? A Dra. Vanessa G Ribeiro CRMV MG 7468, médica veterinária da clínica Pró Bichos esclarece informações.

O RISCO DO USO DE ANTICONCEPCIONAL!

O uso de anticoncepcional (hormônio) em fêmeas é totalmente contraindicado, saiba por quê.

  • Infelizmente o uso de hormônios (anticoncepcional/ “vacina contra cio”) exerce uma grande influencia no desenvolvimento do câncer de mama nas cadelas e gatas. Mesmo que seja feito uma única aplicação. Se você o fizer, estará prejudicando sua saúde e talvez condenando-a a uma morte sofrida e precoce.
  • As injeções de hormônios, além de provocar câncer podem levar a fêmea a desenvolver a piometra, uma infecção de útero grave, cujo tratamento é cirúrgico e urgente, do contrário o animal pode vir a óbito por septicemia.

OS BENEFÍCIOS DA CASTRAÇÃO

O único método de controle populacional indicado pela Organização Mundial da Saúde é a esterilização cirúrgica de fêmeas e machos caninos ou felinos.

A Castração Precoce

A castração precoce refere-se à efetuada antes do primeiro cio da vida de gatas e cadelas, e traz além do benefício de não desenvolver câncer no útero e ovário, ainda reduz o risco de desenvolvimento de câncer de mama para 0,05%.

 A Castração Tardia

Apesar de não reduzir o risco de tumores malignos mamários, reduz ainda os riscos de câncer de útero e ovários, além da piometra (infecção de útero). Os machos também são beneficiados com a castração mesmo tardiamente, diminuindo o risco de hiperplasia prostática e neoplasias do sistema reprodutivo.

A castração precoce é uma atitude moderna que além de diminuir a população de animais desabrigados e mal tratados, tem o grande benefício de diminuir a chance de câncer de mama nas fêmeas.

A CIRURGIA

Os cuidados antes e depois de todo procedimento cirúrgico são muito importantes para a recuperação e bem-estar do animal.   

     Cuidados Antes da Cirurgia:

·         Jejum de alimento por 12h e de água por 8h antes da cirurgia;

·         Banho e tosa do animal um dia antes do procedimento preferencialmente;

·         Vacinação em dia. O stress pós-cirúrgico pode reduzir a resistência do sistema imunológico e aumentar os riscos para as doenças infecciosas;

·         O cão deve ser levado à clínica de carro, para evitar estresse no caminho. Gatos devem ser entregues dentro de caixa de transporte;

·         Para minimizar riscos, um check-up, com exames de Risco Cirúrgico deve ser feito de acordo com a idade do animal.

·         Programar como será monitorado o animal durante o período de recuperação (em casa ou internado).

Cuidados do pós-operatório:

·         Manter o animal aquecido logo após o procedimento;

·         Alimentá-lo somente se ele demonstrar interesse e após a recuperação anestésica completa). Após 24h da cirurgia, o animal volta a se alimentar.

·         Atenção com o repouso. Manter o animal em espaço restrito e limpo, sem correr, sem pular, sem subir em escadas ou camas e sofás;

·         Observar alterações no local da cirurgia. Inchaço, secreção, coloração ou cheiro anormal devem ser comunicados;

·         Administrar todas as medicações prescritas corretamente e, em hipótese alguma, medicar o animal por conta própria;

·         É imprescindível o uso de colar ou macaquinho cirúrgico;

·         Retornar para reavaliação e retirada de pontos no período indicado

Siga todas as orientações passadas pelo veterinário (a) e lembre-se: o sucesso da cirurgia depende, em grande parte, do pós-operatório.

Castre! Previna! Salve!

Confira as fotos na galeria:

 

[Best_Wordpress_Gallery id=”79″ gal_title=”Ully 24/03/2017″]

Por: Ully Daniely  – <[email protected]>