Após atropelar cachorro, ladrão ameaça moradora e autores são presos com arma e drogas em Ouro Branco

5
Material apreendido pela PM/Divulgação
Material apreendido pela PM/Divulgação

Neste fim de semana, os policiais Militares deslocaram a Rua Eurides Cândido da Costa, Bairro Campo Novo, onde supostamente estaria ocorrendo ameaça com o uso de arma de fogo. Durante o deslocamento, uma das viaturas deparou com a motocicleta Yamaha Fazer de cor preta com dois ocupantes logo na saída do Bairro, instante em que o condutor imprimiu alta velocidade ao perceber a presença policial, evadindo por diversas ruas da cidade, ameaçando os pedestres e condutores de veículos que utilizavam a via pública, sendo alcançado somente no início da Rua Percival Farquhar, Bairro Pioneiros.

Abordados, ambos foram identificados como sendo conhecidos no meio policial pelos recorrentes registros policiais. No momento em que o condutor parou a motocicleta, foi percebido pelos Policiais Militares que este arremessou um objeto semelhante a uma arma de fogo sobre o muro de uma residência local. Em sua posse foram encontrados uma faca, uma barra média de substância análoga a maconha, a quantia em dinheiro de R$ 147,00 e um aparelho celular. Já em posse do passageiro não houve o encontro de nenhum objeto.

Foi acionado o proprietário do imóvel para que os militares identificassem e recolhessem o objeto arremessado pelo autor, tendo os Policiais Militares logrado êxito em localizar no lote da residência 1  arma de fogo de calibre 38 de numeração raspada e carregada com 6 munições intactas. De imediato foi dado voz de prisão a ambos os autores, os quais foram encaminhados à Delegacia de Polícia em Conselheiro Lafaiete.

A motocicleta foi apreendida e removida ao pátio credenciado, sendo lavrados os autos de infração correspondentes. Posteriormente, os Policiais Militares deslocaram até a residência da solicitante (38 anos), situada na Rua Eurides Cândido da Costa, Bairro Campo Novo, onde a mesma reconheceu de imediato o autor como sendo o responsável pelas ameaças e danos na sua residência. Segundo a vítima, o autor atropelou um cachorro de propriedade dela e em seguida caiu ao solo com a motocicleta, ficando extremamente exaltado com a proprietária do animal, quebrando os vidros das janelas de sua residência e dizendo que iria retornar com uma arma de fogo para matá-la; tendo a vítima relatado ainda, que o autor havia deixado cair no local 5 munições, as quais foram encontradas pelos militares, as quais eram de calibre 38.