Assaltos em série: em 3 dias Lafaiete registra 5 assaltos a postos de combustíveis

18

Em um dos crimes houve tiros e, em outro, bandidos tomaram de assalto um moto

e roubaram dois postos em sequência no centro da cidade

O feriado prolongado foi violento em Lafaiete. Além do comércio, o alvo preferido dos bandidos foi os postos de combustíveis. Algumas ações criminosas foram parecidas com cenas de filmes. Entre 21 e 23 foram registrados 5 assaltos em diferentes postos de vários bairros de Lafaiete.

No dia 23 de abril a 1:10 horas, no Bairro Gigante, um cliente que abastecia no momento, quando um outro cliente chegou ao posto de combustível e parou em frente a bomba para abastecer. O primeiro cliente foi abordado por dois indivíduos que estavam em uma moto da marca Dafra, de cor prata, quando anunciaram o assalto. Um dos autores adentrou ao local do caixa e retirou certa quantia em dinheiro, já o segundo permaneceu com o cliente.

Para evitar que sua moto fosse subtraída, o cliente entrou em luta com um dos autores e ao perceber essa situação, o autor que estava recolhendo o dinheiro do caixa veio a desferir cerca de 6 disparos de arma de fogo contra a vítima, mas não o atingiu.

Já no dia 22, por volta das 15:30 horas, em um posto de combustível, localizado na Rua Alfredo Elias Mafuz, no Bairro Santa Matilde, o frentista relatou que dois indivíduos chegaram em uma motocicleta, um deles portava uma arma de fogo na cintura, anunciaram o roubo e levaram cerca de R$700,00 que se encontrava em seu bolso.

No dia 21 de abril às 21:40 horas, na rodovia BR 040,  o frentista disse aos policiais que ele estava próximo à bomba de combustível, quando aproximou-se uma motocicleta Dafra, de cor prata ou cinza, com dois ocupantes, parando ao seu lado e anunciaram o assalto. O condutor portava uma arma de fogo e o passageiro portava um facão. Ao perceberem que a vítima estava sem dinheiro, os autores foram na direção da outra frentista, a qual lhes entregou aproximadamente R$60,00.  O autor que portava arma de fogo, não satisfeito, então segurou a frentista pelos cabelos pedindo mais dinheiro e ao ser informado que um outro funcionário já teria recolhido o restante do dinheiro, agrediu a frentista batendo com a arma em sua boca, causando-lhe um corte. Os autores evadiram do local seguindo no sentido do Bairro Carijós.

Com informações das vítimas os ladrões foram identificados também como autores de roubo a um estabelecimento comercial, situado à Rua Antonio Aureliano, no Bairro Cachoeira. Eles chegaram ao local em alta velocidade e anunciaram o assalto, utilizando-se das mesmas armas do assalto anterior, onde levaram cerca de R$600,00.

Roubam moto e assaltam dois postos em sequência

No dia 21 por volta das 17:30 horas, bandidos roubaram uma motocicleta XRE vinho, placa HNJ 0908, próximo à passarela de pedestres no Bairro Barreira. Iniciou-se uma operação de cerco e bloqueio quando foi recebida a informação de que havia ocorrido um assalto à mão armada em um posto de combustível, situado na Praça Getúlio Vargas, próximo ao camelódromo. Os bandidos usaram a moto tomada de assalto, evadiram rumo a Avenida Telésforo Cândido de Resende porém o valor subtraído não foi revelado.

Logo em seguida, nova ligação telefônica foi recebida informando que havia ocorrido um outro assalto à mão armada em um posto, situado na rua Coronel Arthur Nascimento, utilizando-se da mesma moto que haviam roubado. Os ladrões levaramo cerca de R$250,00. Durante o rastreamento os Policiais Militares lograram êxito em encontrar a motocicleta abandonada em uma estrada de terra que liga o Bairro São José ao Bairro Novo Horizonte. Em todas as ocorrências os autores evadiram do local tomando rumo ignorado.

Carandaí

No dia 22 de abril às 22:30 horas,os Policiais Militares registraram a ocorrência de um assalto em um Posto de Combustíveis, localizado na margem da BR 040, em Carandaí. Segundo as vítimas dois homens entraram caminhando no posto e anunciaram o assalto. Os autores ameaçaram as vítimas de morte, exigiram o dinheiro do caixa e subtraíram o celular de uma das vítimas. Logo após o assalto os dois autores evadiram do local, sendo que não foi especificada a quantia levada. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para providências relativas ao fato.

Imagem de capa:Reprodução