Até quando? E o teatro municipal será reaberto?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Perto de assumir a pasta da cultura, Geraldo Lafayette comentou que local não está interditado, mas fechado por motivo de segurança

Há mais de 5 anos o teatro municipal de Lafaiete está interditado pelo Corpo de Bombeiros e restam poucos espaços para

O vereador e futuro secretário de cultura Geraldo Lafayettedefendeu reabertura do teatro municipal/CORREIO DE MINAS
O vereador e futuro secretário de cultura Geraldo Lafayettedefendeu reabertura do teatro municipal/CORREIO DE MINAS

apresentações culturais. O segmento artístico sempre cobrou a reabertura do teatro, mas ainda sem uma definição a vista.

Há 3 anos, o presidente da Câmara, João Paulo Resende (DEM) chegou a propor ao então prefeito Ivar Cerqueira (PSB) a cessão do teatro ao legislativo afim de agilizar o projeto de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, o AVCB, e em seguida a abertura. Mas a intenção não avançou e nem saiu do papel, mas o projeto de prevenção de pânico e incêndio foi contratado, mas ainda não foi executado.

Neste imbróglio, durante a campanha o prefeito Mário Marcus (DEM) prometeu seu esforço para reabrir o teatro municipal.

Ontem durante a sessão da Câmara, o vereador Geraldo Lafayette (PP), ligado aos setores culturais e perto de assumir a pasta da cultura, apresentou uma indicação na qual ele lembrou ao prefeito sobre as exigências do Corpo de Bombeiros, como também cobrou a execução e implementação das medidas necessárias a reabertura do espaço.

Geraldo Lafayette polemizou a situação e disse que o teatro não está interditado, mas devido a precariedade o Corpo de Bombeiros sugeriu o seu fechamento. “Acredito que precisamos agilizar a burocracia que emperra a abertura do nosso teatro municipal”, assinalou.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *