Bandido acusado de estrangular e atear fogo em vítima é preso em fazenda

16

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu nesta terça-feira (26), um indivíduo de extrema periculosidade que foi condenado à pena de 25 anos de prisão por latrocínio.
O suspeito, de 42 anos, foi o responsável pelo crime brutal ocorrido no ano de 2012, na Chapada do Faria em Barbacena. Na ocasião o suspeito teria estrangulado e cometido violência sexual contra a vítima, ateando fogo em seu cadáver logo após o crime.
Após expedição do mandado de prisão, a equipe da Polícia Civil localizou e prendeu o investigado que estaria residindo em uma fazenda na localidade do Jacob, um arraial próximo à cidade de Barbacena.
O suspeito foi encaminhado ao Sistema Prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.