Briga generalizada termina com um homem esfaqueado

17

Uma guarnição da Polícia Militar foi chamada até a Vila São Vicente, em Congonhas, onde, segundo informações de diversos solicitantes, estaria ocorrendo uma briga e um dos envolvidos estaria com uma faca.

Ao chegarem no local, os policiais se depararam com um homem que apresentava um ferimento do lado esquerdo do tórax, a princípio proveniente e um objeto perfurocortante. De imediato foi acionado o SAMU para socorrer ferido.

Um dos envolvidos contou a PM que estava em um bar, localizado nos Moinhos – ponto conhecido pelo intenso tráfico de drogas – e em dado momento começou uma briga envolvendo um menor de idade. Um outro rapaz, juntamento com seu primo, foi até o local ver o que estava acontecendo e começou acusar outra pessoa de ter roubado o seu celular o que causou o início de outra briga.

Durante a confusão, para defender seu primo, um dos homens desferiu a facada em um dos envolvidos e foi para sua residência.

O denunciante, ao ser questionado pela polícia, alegou que foi agredido com pedradas e acusado de roubo pelo que tomou a facada. Contou que todos das rua presenciaram as pedradas e que os agressores possuíam uma arma de fogo. Ela inda afirmou que não foi o autor da facada, não sabendo informar a autoria do crime.

Durante o atendimento da ocorrência todos os indivíduos envolvidos no caso proferiam palavras de ameaça de morte um contra o outro mesmo com a presença da PM.

O homem ferido não pode dar sua versão do fato pois precisou ser levado ao hospital para realização de uma cirurgia em virtude da gravidade do ferimento.

Fonte: Indicador Congonhas

Imagem ilustrativa.