Câmara faz a maior devolução de recursos dos últimos 5 anos e verba vai ajuda pagar salários dos servidores

10
Vereadores fazem entrega do cheque ao prefeito Mário Marcus/CORREIO DE MINAS
Vereadores fazem entrega do cheque ao prefeito Mário Marcus/CORREIO DE MINAS

Em uma solenidade rápida que durou menos de 25 minutos, ocorrida nesta manhã, o presidente da Câmara, Sandro José (PSDB), entregou ao prefeito Mário Marcus (DEM) o cheque no valor de R$687.523,78 de recursos economizados ao longo de 2017 que servirão para o caixa do município. Estavam presentes também os vereadores, o tesoureiro Carlos Nem (SD), Alan Teixeira (PHS) e Lúcio Barbosa (PSDB).

Exaltando que os valores foram resultado de uma gestão austera e responsável, Sandro elogiou a sintonia, o respeito, proximidade com o Executivo e afirmou que o prefeito terá liberdade para usar a devolução. “Ao contrário dos anos anteriores deixamos livre a utilização dos recursos para que o prefeito gaste da melhor maneira onde achar que será mais necessário.

Prefeito recebe recurso e adiantou que será usado para pagamento da folha de dezembro/CORREIO DE MINAS

Ele sabe onde o calo dói. Sabemos que está em boas mãos”, assinalou. “O dinheiro não é da Câmara, mas do Município. Isso não é favor o que estamos fazendo, mas fizemos da melhor maneira em nossa gestão”, completou. Sandro citou as melhorias e obras no prédio da Câmara como o arquivo, reformas, confecção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros da Câmara e troca das lâmpadas do prédio por LED. Ele também exaltou o uso racional do veículo pelos vereadores. Em 2017, o carro rodou apenas 2.650 km, o que perfaz 16,5 km por vereador ao ano ou 500 metros ao dia. “Como o nosso trabalho podemos sair de cabeça erguida às ruas pois resgatamos a dignidade dos vereadores. Volto agora a cadeira de vereador e quero ajudar no que for preciso ao Município. Agradeço a todos os vereadores”, finalizou.

O prefeito Mário Marcus elogiou a parceria com o Legislativo e exaltou seu governo já que fecha o ano sem dívidas e os compromissos em dias. Ele antecipou que todos os ofícios e requerimentos encaminhados pelos vereadores foram despachados. “Não esperava por outra atitude dos vereadores que não fosse o zelo pelos recursos públicos que muitos nos ajudará no pagamento da nossa folha de dezembro. Queremos externar nossos agradecimentos ao vereadores pelo gesto nobre em favor da municipalidade”, assinalou.

Economia

A economia gerada em 2017 chega perto de R$850 mil, a maior dos últimos anos. Além dos R$687.523,78 somam-se os R$100 mil devolvidos ao Município a menos de 30 dias. Também a prefeitura economiza com o não pagamento do salário do secretário municipal de cultura, Geraldo Lafayette, que como vereador licenciado, recebe pela Câmara.