Casa do Teatro é a mais premiada em festival de teatro de Mariana

20
Filipi Diaz foi escolhido melhor ator. Peça “O Menino da Rua Olegário” conquistou o melhor cenário e o melhor espetáculo/Divulgação

Em Mariana, primeira capital de Minas, aconteceu entre os dias 17 a 23 de setembro o II FESTECO – Festival de Teatro Comunitário, organizado pelos grupos Dragoninos e Caminho do Sol e coordenado pela professora e Diretora Teatral Juliana De Conti.  O evento contou com cerca de 30 espetáculos teatrais em quatro categorias: Alternativo, Infantil, Drama e Comédia. A Casa do Teatro participou com um espetáculo por categoria e ao final do evento, na noite de domingo,  em cerimônia ocorrida no Espaço Cultural Sagarana, a instituição lafaietense saiu como uma das mais premiadas do festival. Na Categoria Alternativo, com o espetáculo O MENINO DA RUA OLEGÁRIO, totalmente concebido pelo ator Filipi Diaz, recebemos além de diversas indicações, as seguintes premiações:

  • Melhor ator para Filipi Diaz,
  • Melhor cenário
  • Melhor espetáculo

Na categoria infantil, com o espetáculo QUEM SERÁ O NOVO REI, dirigido por Natália Kelly, recebemos diversas indicações e o seguinte prêmio:

  • Melhor atriz coadjuvante para Jéssica Ludimila
A peça o cachecol azul recebeu diversos prêmios entre os quais melhor direção ( Geraldo Lafayette), melhor atriz, melhor iluminação e melhor maquiagem/Divulgação

Na categoria drama, com espetáculo O CACHECOL AZUL,  recebemos os seguintes prêmios:

  • Melhor direção para Geraldo Lafayette
  • Melhor atriz coadjuvante para Mayara Souza
  • Melhor iluminação para Pedro Costa
  • Melhor maquiagem

Em seguida,  na categoria comédia, com o espetáculo PECADO DE COMADRES, trouxemos para Lafaiete praticamente todos os prêmios possíveis da categoria, sendo:

  • Melhor espetáculo de comédia
  • Melhor direção para Geraldo Lafayette
  • Melhor texto original para Geraldo Lafayette
  • Melhor ator para Marcos Ottoni
  • Melhor ator coadjuvante para Victor Marques
  • Melhor Iluminação para Vinícius Almeida
  • Melhor trilha sonora para Diego Alexandre e Fran Dias
  • Melhor Figurino
  • Melhor Cenário
  • Revelação para Marcos Ottoni

Ao final do evento, dezoito prêmios foram conferidos à Casa do Teatro e seus membros, mostrando ainda mais o quanto Conselheiro Lafaiete vem se tornando referência do fazer cênico destas Minas Gerais. No II FESTECO, estiveram presentes com espetáculos as seguintes cidades: Mariana, Ouro Preto, Governador Valadares, Ipatinga, Belo Horizonte, Peçanha, São João Nepomuceno, Patos de Minas, Poços de Caldas, Betim, Patrocínio, Barroso, São João Del´Rei, Juiz de Fora, Itabirito, Ribeirão das Neves e  Contagem. Outras cidades de Minas e de outros estados participaram também como assistentes, oficineiros, jurados e apoiadores de mais este festival que promove, incentiva e fomenta as artes cênicas, pelas terras mineiras. O próximo evento já está marcado para a cidade de Barroso, entre os dias 19 a 21 de outubro. Novembro o encontro teatral acontece na cidade de Peçanha. Em ambos, Lafaiete pretende estar presente.