Congonhas é destaque em evento nacional

64

As ações desenvolvidas, nos últimos dois anos, pela Fundação Municipal de Cultura, Lazer e Turismo (Fumcult) de Congonhas, para valorização, promoção e defesa do patrimônio histórico e artístico se tornaram exemplo nacional. Nesta quinta-feira (dia 25/02), a instituição vai apresentar os programas desenvolvidos pelo município em prol da promoção do patrimônio em um congresso nacional realizado pelo 2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas e Turísticas e Patrimônio Mundial, em São Luís, do Maranhão.

O que chamou a atenção dos organizadores para o exemplo de Congonhas foi a forma criativa de mobilização e sensibilização popular desenvolvida, com auxílio de todas as mídias, em prol de valorização do patrimônio. Na mesa redonda, que contará com a participação do presidente da Fumcult, Sérgio Rodrigo Reis, serão apresentadas as estratégias de ações de marketing e promoção do patrimônio histórico-cultural e a importância do título Patrimônio Mundial como instrumento de promoção do desenvolvimento local.

Foto interna do Museu de Congonhas
Foto interna do Museu de Congonhas

Participarão ainda do debate o prefeito de Jaguarão (RS), José Cláudio Ferreira Martins; a coordenadora de cultura da Unesco, Patrícia Reis de Matos Braz; e a coordenadora de promoção e gestão da Imagem Institucional do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Ana Lourdes Costa.

O 2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial, realizado entre os dias 24 e 27 de fevereiro, em São Luís, possibilitará aos municípios considerados “Patrimônio Mundial”, no Brasil, trocarem experiências e práticas de valorização dos patrimônios imateriais e materiais. Segundo o presidente da Fumcult, será uma rara oportunidade de revelar as estratégias desenvolvidas durante o Governo Zelinho, para promoção do acervo histórico. “Conseguimos, com ações como o Bicentenário do Aleijadinho, as comemorações dos 30 anos do título de Patrimônio Mundial de Congonhas e a inauguração do Museu de Congonhas, colocar nossa cidade em mídia nacional. Com isso, movimentamos a economia criativa local, geramos renda e ampliamos o turismo do município”, salienta.

O encontro trará outras discussões importantes como “A Sustentabilidade da Economia”, que vai apresentar boas práticas de negócios; alternativas de exploração do potencial econômico e as principais dificuldades e soluções para o desenvolvimento das atividades econômicas; O “Financiamento para Gestão do Patrimônio Histórico”, que objetiva apresentar estágios das obras do PAC – Cidades Históricas e as “Alternativas para a Solutividade das Questões Sociais”, que irá abordar alguns dos problemas sociais que mais impactam as cidades históricas e turísticas.

O evento também destacará questões como “A Gestão Urbana – Políticas de Habitação e Ocupação em Sítios Históricos”, abordando os aspectos fundamentais para a boa implantação de políticas voltadas à infraestrutura urbana; “O Turismo como Catalisador para o Desenvolvimento dos Sítios Históricos”  para debater formas de contribuição do turismo para a promoção dos sítios históricos; “Cultura, Turismo e a Atuação do Legislativo Federal” e a “Governança nas Cidades Históricas para o Desenvolvimento do Turismo Brasileiro”.

Ao final do encontro, as minutas que serão feitas depois da cada painel se juntarão para a formatação do documento final do 2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial. Além dos painéis, os gestores públicos ainda participarão de uma visita técnica ao Centro Histórico de São Luis.

Entidades participantes

Importantes entidades como a Associação Brasileira das Cidades Históricas Turísticas e a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial, que desempenham um papel fundamental de congregação do que há de mais relevante referente ao patrimônio cultural brasileiro, já confirmaram participarão do evento em São Luis. Ambas têm ações e demandas comuns junto à promoção e preservação desta riqueza.

Informações:

www.cidadeshistoricas.cnm.org.br e www.turismo.ma.gov.br

Fotos:divulgação