Congonhas implementa várias ações de incentivo ao turismo

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Museu de Congonhas (2)

O Governo Municipal, associado a parceiros, realiza grande volume de investimentos para alavancar o turismo no Município. Grandes exemplos são a inauguração do Museu de Congonhas; a requalificação de espaços públicos e monumentos graças ao trabalho que culminou com a aprovação de dez ações do PAC Cidades Históricas para a cidade (com obras já executadas na Alameda das Palmeiras, Parque Ecológico da Romaria, Basílica do Senhor Bom Jesus, Matriz de N. Sra. da Conceição e Igreja de N. Sra. do Rosário); e o trabalho realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável (SDS) e sua Diretoria de Turismo para colocar em prática um plano municipal de desenvolvimento do setor. A criação de roteiros turísticos variados proporciona mais opções para o turismo de aventura, ecológico, cultural e de lazer. Estas e outras ações são fundamentais para que todo o potencial turístico de Congonhas seja explorado, de maneira que ele se torne parte importante da economia local.

Confira as principais iniciativas:

– Exploração do Ecoturismo a partir da criação da Unidade de Conservação do Parque da Cachoeira do Rio Santo Antônio, que é uma área extremamente importante do ponto de vista ambiental e que vai trazer novos horizontes para o turismo na cidade.

– Contratação de uma empresa especializada para criar roteiros turísticos próprios de Congonhas. Essa ação vai permitir que todas as atrações sejam divulgadas e que as agências de viagem possam divulgar Congonhas como um destino final, e não apenas de passagem, como acontece atualmente. A elaboração desses roteiros que vão incluir todo o Patrimônio Histórico, o ecoturismo e o turismo rural já começarão em fevereiro.

– Uma proposta nova também visa a desenvolver o setor hoteleiro, que é peça fundamental na política de crescimento do turismo. Um projeto de lei será encaminhado pelo Governo Municipal para Câmara Municipal em fevereiro. A proposta concede incentivo fiscal para construção de hotéis e pousadas ao longo da estrada do Parque Ecológico da Cachoeira. O objetivo será de captar investimentos e gerar emprego e renda relacionados a essa atividade na cidade.

– Captação de dados iniciada pela Diretoria de Turismo junto aos hotéis e receptivos. As informações sobre hospedagens vão ser peça importante na elaboração de novas ações.

– Decreto editado pelo Governo Municipal restringe a entrada de ônibus de turismo na área de ambiência histórica de Congonhas, à partir de 16 de fevereiro. Com a medida, novas oportunidades vão surgir para os empreendedores da cidade que querem trabalhar com o turismo através dos fretamentos e guiamentos pela cidade.

“São muitas ações em andamento para que a gente possa competir de verdade em um mercado tão disputado como o do turismo. São muitos destinos oferecidos para quem viaja no Brasil. Por isso estamos trabalhando para alcançar todo nosso potencial e fazer com que mais pessoas venham para Congonhas e empregos sejam gerados por esse setor em nossa cidade.” afirma Christian Souza Costa, secretário de Desenvolvimento Sustentável.

 

“Em 2015, mais de 107 mil turistas visitaram a cidade, incluindo aqueles que foram ao Parque da Cachoeira. Além desse número, estima-se que, durante o Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, de 7 a 14 de setembro, a cidade receba outros 100 mil visitantes”, afirma o diretor de Turismo, Saint Clair Borges.

O visitante que chega a cidade atualmente é recebido no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), que é um dos receptivos da cidade localizado próximo à Rodoviária, onde podem sanar dúvidas e receber orientações. Congonhas também conta com uma nova sinalização interpretativa, que facilita o acesso dos turistas aos locais que pretendem ir.

A bióloga de São José dos Campos, Bruna Carvalho, conheceu Congonhas dias atrás. “A cidade é riquíssima em cultura, estou encantada. Fiquei aqui uma final de semana e pude visitar além do Santuário, os museus e o Centro. Pretendo voltar e trazer minha família”, comentou.

O turista que quiser se hospedar em Congonhas possui algumas opções como hotéis no Centro da cidade e na Basílica, pousada próxima ao Centro Histórico ou mais afastadas e hotéis fazenda.

 

Museus

O Museu de Congonhas chegou para potencializar a percepção e a interpretação das múltiplas dimensões do Santuário do Bom Jesus de Matosinhos. A instituição já dá sinais de que irá proporcionar grandes avanços ao turismo da cidade, ao receber dez mil visitantes nos primeiros 43 dias de funcionamento. Segundo o diretor de Turismo, Saint Clair Borges, “com a inauguração do Museu de Congonhas e sua grande repercussão na mídia, espera-se que o número de turistas aumente consideravelmente, proporcionando uma diversificação na economia do Município”. A instituição funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. Ingressos: R$ 10. Às quartas-feiras, a entrada é franca e as portas ficam abertas das 13h às 21h.

Instalado na Romaria, o Museu de Mineralogia passará em breve por uma reconceituação para apresentar de forma antropológica e cultural os impactos desde a descoberta do ouro, até a atualidade, em que a economia da cidade se baseia na extração do minério de ferro.

O Museu da Imagem e Memória de Congonhas, situado na ladeira, abrange personalidades que fizeram a história de Congonhas em seus mais amplos temas e aspectos. Sua requalificação, prevista para este ano, é uma das dez ações do PAC Cidades Históricas que já se iniciaram em 2015 na cidade.

Fotos:Divulgação

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *