Crescimento no natal: 13º salário vai injetar na economia de Lafaiete quase R$ 75 milhões

11
Lafaiete vai receber vai receber R$5,949 milhões da Repatriação em 2017/Reprodução

Contrariando expectativa anterior, o anúncio da projeção dos valores do 13o. salário indica possibilidade de crescimento do comércio no Natal.
Desde 2013 as vendas durante o natal têm sofrido quedas e isso se tornou mais evidente com a crise econômica de 2015. Segundo informações do G1, o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio revelou que no ano passado (2015), durante a semana do dia 18 ao dia 24 de dezembro, as vendas do varejo caíram 6,4% em todo o país com relação à mesma semana de 2014.
Porém, agora, para o ano de 2016, o comércio mineiro pode apresentar melhorias durante o mês de dezembro. Apesar da crise ainda deixar algumas pessoas receosas, dados do Departamento de Estudos Econômicos da Fecomércio MG mostram que, por causa do pagamento do 13º salario, até o final do ano devem ser depositados na economia mineira aproximadamente R$ 16,61 bilhões.
Os comerciantes de Conselheiro Lafaiete também estão otimistas com o valor injetado pelo 13º salário, afinal até o fim de dezembro serão aproximadamente R$74,6 milhões inseridos na economia. Esse valor representa 3% a mais que o calculado em 2015.
De acordo com o Departamento de Estudos Econômicos da Fecomércio MG a principal aplicação, feita pelos cidadãos, do 13º salário está voltada à quitação de dívidas, visto que o desemprego e a crise de 2015 ainda mostram sinais nos dias de hoje. Mas, aproximadamente 36% do 13º salário estão direcionados ao consumo individual, levando esperança ao comercio natalino, que espera resultados mais favoráveis esse ano.