Depois de quase 12 anos, Lafaiete ganha nova equipe de PSF

23
Equipe do PSF que atenderá os bairros Morada do Sol e Arcádia/CORREIO DE MINAS

Depois de quase 12 anos, Lafaiete ganhou uma nova equipe de PSF, composta por médicos, enfermeiros e agentes de saúde. O último foi instalado em 2007, ainda na gestão do petista Júlio Barros, em meados de 2007, no Bairro Sion.

A inauguração aconteceu no final da tarde de ontem, dia 2, com a presença de autoridades, vereadores, secretários e populares.

O novo PSF, cujo programa passou a ser denominado Estratégia de Saúde da Família (ESF), já funciona no Morada do Sol e atenderá os bairros Arcádia, JK e Manoel de Paula totalizado 4 mil moradores.

O novo PSF traz impacto direto no sistema de atenção básica de Lafaiete ao desafogar a outra unidade vizinha do Museu que supera sua capacidade de atendimento. Agora Lafaiete possuiu 26 PSF’s e a ainda nos próximos meses serão mais 5 novas unidades inauguradas elevando de 65% para quase 90% a cobertura de atendimento. “É um marco para Lafaiete e se inicia um novo ciclo de mudanças na saúde”, saudou Alessandro Gláucio, Secretário Municipal de Saúde.

O deputado Glaycon Franco (PV) enalteceu o governo municipal e não poupou críticas  a gestão anterior. “A atual administração assumiu com a prefeitura quebrada, sem certidões e sem poder receber recursos. Isso foi superado”, alfinetou, anunciando a doação de uma ambulância ao Município.

Já o prefeito Mário Marcus (DEM) elogiou o deputado destacando que através de sua atuação Lafaiete ganhou expressão política em Minas. Mário destacou ações citando a saúde como prioridade e divulgou obras na área como a reforma geral da policlínica, aquisição de novas ambulâncias e ampliação dos investimentos no setor.  Ele adiantou que em breve diversas ruas do Morada do Sol receberão asfaltamento.

O vereador Carlos Nem (PP) agradeceu ao prefeito o novo PSF. “Era uma das demandas prioritárias do nosso mandato”, avaliou. O vereador e presidente da Câmara, Darcy da Barreira (SD) elogiou a obra.

Gabião da Dr. Zebral

Mais cedo a prefeitura inaugurou o de gabião a rua Dr. Zebral pode fim a novela que se arrastava há quase 4 anos. A obra melhora o fluxo entre diversos bairros impactando positivamente no trânsito. A obra custou pouco mais de R$ 150 mil.

Para atrair médicos, prefeitura estuda melhorar remuneração

Para conter a constantes faltas e debandada de médicos, a secretaria municipal de Saúde de Lafaiete vem realizando vários processos seletivos para compor todas as equipes de saúde da família no intuito de não gerar qualquer tipo de desassistência. “É sabido que o vencimento dos profissionais médicos do município de Conselheiro Lafaiete é o mais baixo de toda a região, já está em tramitação junto ao corpo clínico, Ministério público, conselho municipal de Saúde, comissão de saúde da Câmara e prefeitura municipal um estudo para sanar tal desigualdade salarial. O intuito da secretaria municipal de Saúde é de promover a valorização dos servidores e com isso, oferecer atendimento digno, humanizado a toda comunidade Lafaietense”, adiantou o secretário.