Dona de comércio é surpreendida por bandido de capuz quando iniciava pagamento de funcionários e ladrão leva R$ 20 mil

9

O segundo registro aconteceu em um estabelecimento comercial da Rua Joemy Faria, Bairro São João, onde a vítima (mulher, 56 anos) relatou que o crime foi praticado por um homem de cútis parda, usando capacete preto e com toca ninja encobrindo o rosto, camisa de manga curta na cor amarela e portando um revólver com o qual anunciou o assalto. Segundo a solicitante, ela havia realizado o saque da quantia de R$ 30 mil em uma agência bancária e retornara ao comércio a fim de efetuar o pagamento dos funcionários da empresa.

Contudo, quando se encontrava ao comércio e antes mesmo de iniciar o pagamento dos funcionários, foi surpreendida pelo autor que na ação conseguiu subtrair a quantia de R$ 20 mil. Após o roubo, o autor evadiu em uma motocicleta Honda CG150 Titan de cor preta, que se encontrava o aguardando do lado de fora do comércio, sendo o veículo conduzido por um homem que utilizava calça jeans suja de tinta e um capacete vermelho de viseira escura. Ambos seguiram em direção ignorada.

Outro assalto

Ontem, dia 1º, a Polícia Militar registrou duas ocorrências de roubo. Pela manhã, por volta das 9:00 horas um indivíduo armado chegou a estabelecimento comercial situado à Rua Luciano de Queiroz, Bairro São Judas Tadeu, armado com um faca e abordou a vítima e funcionária (mulher, 18 anos) que se encontrava no caixa do comércio. O assaltante levou aproximadamente R$ 100,00. Logo em seguida, o autor evadiu a pé em sentido ao interior do bairro tomando rumo ignorado. O autor foi descrito pela vítima como sendo um indivíduo de estatura mediana, 1,70 m, negro, magro, aparentemente com 18 anos de idade, trajando jaqueta de frio na cor escura, marrom ou azul, calça jeans escura e tênis marrom. Diante do contexto, foi realizado intenso rastreamento e diligências, porém sem êxito.