Economia criativa: vem aí o maior festival gastronômico que vai movimentar a região escolhendo o melhor tira gosto de 13 cidades

12

Com organização e promoção do Circuito Villas e Fazendas de Minas, acontece entre 13 de setembro a 25 de outubro o Iº Festival Gastronômico “Sabores das Villas” que envolverá 13 Municípios durante 5 finais de semanas consecutivos, prometendo agitar cultura e o turismo e movimentar as economias das cidades envolvidas nas regiões do Alto Paraopeba e Vale do Piranga.

Cada Município será representado com até 10 estabelecimentos comerciais como bares, restaurantes, churrascarias, pizzarias e choperias. Já Lafaiete contará com no máximo de 20. A escolha dos participantes será realizada através de chamamento público com regras pré definidas.

Economia criativa: vem aí o maior festival gastronômico que vai movimentar a região escolhendo o melhor tira gosto de 13 cidades/Reprodução

Durante o Festival os pratos escolhidos terão destaque nos estabelecimentos com a degustação. Em cada cidade, o Circuito promoverá 2 dias de festival e um 3º em espaço aberto com shows e outros atrativos.

Durante os mais de 40 dias do festival gastronômico, os participantes receberão através de um chef de cozinha oficinas, curso, palestras de capacitação experimentações e visitas técnicas fazendo do evento um momento de troca de experiências, inovação e novas perspectivas.

O encerramento acontecerá no município de Itaverava, no dia 25 de novembro, que foi escolhida dentre as demais cidades por sua tradição gastronômica, onde cada participante vencedor em cada município terá espaço para apresentação e comercialização de seu prato.

Treze participantes, escolhidos por votação popular, irão para a grande final do festival.  Nesta etapa cada um receberá o valor de R$300,00 e o vencedor levará o prêmio de R$ 1 mil além dos troféus.

No encerramento haverá stands para aproximação dos comerciantes e os produtores rurais, proporcionando uma interação na cadeia produtiva e valorizando a produção da agricultura familiar local e regional, como forma de geração de renda eemprego.

Economia criativa

Integrantes e coordenadora do circuito Villas e Fazendas de Minas/Reprodução

“O festival vai muito além da gastronomia. Será uma ferramenta para desenvolver o turismo, valorizar o patrimônio cultural das cidades e através da culinária vamosestabelecer elo entre o turismo e a cultura. Associar patrimônio e turismo é algo fundamental para o incrementar o potencial econômico e atrair turistas. O Festival veio para impulsionar toda a cadeia produtiva da culinária, desde a agricultura familiar até o produto final.”

Esta foi a avaliação da Presidente do Circuito Villas e Fazendas, Clarissa Alves, ao comentar os desdobramentos do festival na região e sua importância para criar atrativos nas cidades. “O turismo é ainda pouco explorado e culinária é uma atividade possibilita inúmeras oportunidades econômicas e sociais. Através dela se identifica um povo e o conhecimento de hábitos e costumes da comunidade visitada.  Resgatar a identidade da culinária regional significa entrar em contato com a cultura e o modo de ser de um povo”, avaliou Clarissa sobre a importância do evento.

Marca e mídia

O Alto Paraopeba e Vale do Piranga já são conhecidos por seus eventos e também por suagastronomia, e consolidar este Festival Gastronômico é um dos principais objetivos, para tanto será realizada a sua inscrição Calendário de Eventos do Estado de Minas Gerais, tornando o Circuito Gastronômico “Sabores das Villas” comotradicional e reconhecido nacionalmente.

Junto as ações a serem desencadeadas está também o fortalecimento da marca junto à mídia. “O contato com os parceiros será de forma contínua para que o Festival possa se fortalecer e continuar sendo realizado. Pretende-se também captar novosrecursos para incrementar o evento nas edições posteriores”, disse Alves.

Todos os comércios participantes serão padronizados e a criação de um cardápio personalizado com um roteiro. Camisas, banners, aventais, outdoors, cartazes farão parte da ampla divulgação do festival e em cada cidade que o evento passar haverá um grande pórtico com o mapa do circuito.

Datas de Realização:

13/10 – Conselheiro Lafaiete

20/10 – Itaverava/ Capela Nova/ Senhora de Oliveira

03/11 – Casa Grande/ Catas Altas da Noruega/ Santana dos Montes

10/11 – Piranga/ Cristiano Otoni/ Rio Espera

17/11 – Lamim/ Queluzito/ Caranaíba

25/11 – Encerramento Itaverava

  • Divulgação oficial dos 13 (treze) melhores colocados que participarão da grande final:  Dia 19 de novembro;
  •    Final: 25 de novembro no município de Itaverava onde será feita a entrega dos troféus a todos os estabelecimentos participantes e também o prêmio de Primeiro Lugar da Etapa Municipal e da Etapa Regional.