Exposhopping: para secretário, Lafaiete está na vitrine dos investimentos e feira reforça a abertura para os novos negócios

10

Atrair investimentos, ampliar os horizontes para novos negócios e gerar renda e emprego. Na contra mão da crise, Lafaiete recebe hoje mais de R$40 milhões de injeção de capital privado em diversos setores da economia. De olho o potencial econômico da cidade, representantes da prefeitura e empresários, capitaneados pela secretaria municipal de desenvolvimento econômico, marcaram presença 15° Congresso Internacional de Shopping Centers e Exposhopping, o maior evento do setor da América Latina, ocorrido esta semana na Capital Paulista.

O Secretário Rafael Lana esteve presente na última quarta, dia 15, na Exposhopping. A cidade foi uma das 6 cidades do Brasil e uma das 2 cidades mineiras convidadas pela organização da feira a participar com um stand. Foram escolhidos os Municípios com maior potencial para a instalação de shoppings centers, baseado em critérios socioeconomicos como população na área de influência e número de veículos.

O secretário de desenvolvimento de Conselheiro Lafaiete, Rafael Lana, empresários locais e representantes da prefeitura marcaram presença Exposhopping, o maior evento da América Latina do setor

Segundo o secretário, a participacão de Lafaiete na Exposhopping representa uma oportunidade ímpar de colocar o município na vitrine dos grandes investimentos. “Os principais atores deste rico mercado estavam presentes no evento,  a exemplo de administradoras e incorporadoras de shoppings, franqueadores e franquias de projeção internacional. Todos puderam conhecer as potencialidades do Município e aproximar-se da Prefeitura”, avaliou.

Rafael assinalou que presença de Lafaiete reforça a condição da cidade de pólo regional de comércio e serviços, identificada no Plano Estratégico Municipal Lafaiete 2037, documento lançado em julho que estabelece as premissas do desenvolvimento local para os próximos 20 anos, fruto de parceria entre a Prefeitura, o Sebrae e as entidades empresariais e agropecuárias.

Lana afirmou que o Plano traz como estratégia para consolidação da condição de polo regional essa postura ativa na captação de investimentos e de novos negócios para a cidade, geradores de trabalho e renda para a população e de arrecadação para o Município. O Secretário finalizou sinalizando que já há grupos prospectando áreas em Lafaiete.