Família descobre que teve bebê trocado em maternidade há 23 anos em Lafaiete

34
Família acusa hospital Queluz de negligente no caso e pede transparências nos registros de nascimentos/Reprodução
Família descobre que teve bebê trocado em maternidade há 23 anos em Lafaiete/Reprodução

Um casal procura por um filho trocado na maternidade do Hospital Queluz em Conselheiro Lafaiete. Depois do exame de DNA eles descobriram que durante 23 anos criaram o filho de outra pessoa.

Como todo bom mineiro seu Osvaldo sempre foi desconfiado, ficou ainda mais depois do comentário na vizinhança. O filho tem cabelo crespo e pele morena, ele é mais claro e tem o penteado liso. “Se o povo está falando né? Então as vezes ele não é meu filho”, contou a reportagem da TV Record, veiculada ontem.

A mulher, dona Rosana, suportou o quanto pôde a insinuação de que talvez tivesse traído o marido. “Eu sempre falava com o Osvaldo, se você tiver dúvida, qualquer hora que você quiser a gente faz o DNA, só que ele nunca quis fazer”, revelou.

Dois anos atrás o casal decidiu esclarecer a dúvida e fez o teste e o resultado foi surpreendente. O exame revelou que Lucas não é o filho biológico nem do sr. Osvaldo e nem da dona Rosana. “Através agora do DNA eu tenho certeza que foi trocado lá” disse Rosana.

Foi um duro golpe também para Lucas, o caçula dos três filhos. “Foi uma situação muito difícil, do qual quando eu recebi eu fiquei também bem triste, chorando bastante, porque a gente fica meio sem chão”, relatou.

Ele nasceu no Hospital Queluz em 19/11/1994. Segundo Sr. Osvaldo, naquele dia haviam outros cinco recém nascidos no berçário, sem identificação. “Mostrou lá de longe e tinha um vidro grande assim na frente, só mostrou tudo deitado lá”, contou.

A família acusa a maternidade de ter trocado os bebês e entrou com um processo contra o hospital. Sr. Osvaldo e dona Rosana querem saber quem é o verdadeiro filho, onde está e como vive, mas o pai e a mãe garantem que se o caso for esclarecido, Lucas não vai perder a posição de filho amado que sempre foi. “Eu o amo demais, ele é meu filho pra sempre”, disse Rosana.

O Hospital não quis comentar o assunto e está apurando os fatos.

Confira a entrevista disponível no R7:

https://noticias.r7.com/jornal-da-record/videos/familia-descobre-que-teve-bebe-trocado-em-maternidade-ha-23-anos-02042018

Fonte: TV Record