Fórum social: Padre critica CSN e ataca golpe no país

17

“Foi um golpe orquestrado pela elite e com total apoio da mídia. Serão os pequenos que pagaram a conta”. Assim expressou O diretor do Departamento Arquidiocesano de Comunicação (Dacom), padre Paulo Barbosa durante entrevista coletiva à imprensa nesta quinta-feira, dia 20. O religioso veio divulgar o 6º Fórum Social pela Vida que acontece na cidade entre os dias 27 a 30 quando são esperadas mais de 1,2 mil pessoas. “Lafaiete será o centro da arquidiocese de Mariana”, frisou o padre que á pároco de Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e tem destacada ação social.

O Fórum Social pela Vida será um grande espaço de encontro e celebração, mas também de debate, celebração e de formação.

As pessoas que vierem para o evento serão hospedadas em paróquias e em casas de famílias. Os participantes serão divididos em seis eixos que vão acontecer simultaneamente nas paróquias que são: Bem Viver, Dignidade Humana, Justiça Restaurativa, Água, Minério e Energia para a Soberania, Saúde e Segurança Alimentar e Metodologias Populares.

Encontro com prefeitos e vereadores

O encontro com os prefeitos e vereadores eleitos que irá acontecer no dia 28/10, dentro do Fórum Social pela Vida será como um dos pontos importantes do evento. Para o padre Paulo Barbosa, será uma espécie de encontro de formação para os entregue aos candidatos eleitos antes de assumirem os cargos visando uma administração em prol do bem comum. Uma carta será apresentada para assinatura os novos prefeitos e vereadores para assumam o compromisso de trabalhar pelo povo.

Romaria Dom Luciano

Outro ponto destacado na coletiva foi a Romaria do Servo de Deus Dom Luciano que vai acontecer no dia 30/10. Está programada uma caminhada terá concentração na praça do Cristo, às 8h30 e em seguida partirá em direção à Basílica do Sagrado Coração de Jesus onde haverá missa às 11h. A romaria presta uma homenagem a Dom Luciano que está em processo de beatificação.

Padre Paulo Barbosa tem ação social destacada na arquidiocese de Mariana; para ele a saída de Dilma foi golpe da elite associada a grande mídia
Padre Paulo Barbosa tem ação social destacada na arquidiocese de Mariana; para ele a saída de Dilma foi golpe da elite associada a grande mídia

“Quando ele morreu o povo gritava assim: Dom Luciano vive na luta do povo. A romaria acontece 10 anos depois de sua morte. Ela é a grande expressão da valorização de Dom Luciano nos territórios marianenses, mas quero expressar também uma espécie de presença do povo e de aclamação do processo de beatificação que acontece em Roma. Pra nós ele já é santo, mas a Igreja tem os seus caminhos e a canonização é o último estágio”, frisou padre Paulo Barbosa.

O evento

O Fórum Social pela Vida é um evento realizado periodicamente pela Dimensão Sociopolítica da Arquidiocese de Mariana e tem como objetivo geral debater temas atuais ligados diretamente à realidade do povo, buscando a promoção da vida e da dignidade de todos como sujeitos de direitos, rumo à sociedade do bem viver. Esta edição estará refletindo sobre o tema “Cuidar da Casa Comum, nossa missão” e o lema “Por uma Economia e por uma Política a serviço da Vida”. Mais informações pelo (31) 3557-3167.

CSN

Padre Paulo Barbosa criticou a mineradora CSN pela destruição da Igreja de São José e do Divino Espírito Santos. Segundo houve tratativas oficiais entre a Arquidiocese e a mineradora, porém as negociações foram abandonadas pela própria empresa. Assim a arquidiocese acionou a Justiça em busca de indenização. “Sem mais nem menos a mineradora virou as costas para o nosso povo”, reclamou o padre que criticou também a PEC 241. “Querem congelar os gastos com saúde e educação. Esse governo é ilegítimo”, finalizou.

Em colaboração: Site Lafaiete Agora