Homem é morto por locomotiva da MRS em Congonhas

16

A Polícia Militar foi acionada no dia 07-08, por um funcionário da empresa MRS, onde o maquinista havia informado que havia um corpo caído na linha férrea próximo da estação rodoviária, por volta de 5h da manhã.

Ao chegar no local, a Polícia Militar localizou o corpo e havia muito sangue no local. Assim que a perícia técnica terminou os trabalhos, o corpo foi liberado para o serviço de funerária São Jorge que encaminhou o corpo para o IML-Instituto Médico Legal de Conselheiro Lafaiete.

A vítima foi identificada pela carteira de identidade que se encontrava no bolso da calça, e populares que conheciam a vítima  informou aos militares que o mesmo fazia uso contínuo de bebidas alcoólicas.

Imagem de capa:Reprodução/Ilustrativa