Insegurança e revolta: moradores do Pires voltam a denunciar água barrenta, cobram uma solução e temem pela saúde

15
Moradores ainda convivem com abastecimento de água barrenta/ARQUIVO
água barrenta chega ás reSidência do Pires/DIVULGAÇÃO

Em setembro nossa reportagem denunciou as condições da água que abastecia do Pires, em Congonhas, aliás um problema crônico que aflige há vários anos os moradores e ainda sem uma solução. À época, a coloração de barro assustava os moradores que questionavam a qualidade do bem consumida. “A cor da água é vermelha e parece barro. Isso é que estamos usando para beber, abastecer nosso consumo e até mesmo na nossa alimentação”, relatou uma moradora.

Mais um capítulo da mesma novela. Hoje (21) os moradores voltaram a denunciar a cor barreta da água que chega nas torneiras. Fotos e diversos vídeos foram enviados a nossa reportagem retratando a insegurança com o bem essencial a vida. “Isso para cozinhar, beber, tomar banho e tudo mais. Estamos temendo pela nossa saáude e de nosso filhos. Como fazemos? Quem vai olhar por nós? Nossa comunidade não aguenta mais esta situação. Pedimos uma solução as nossas autoridades”, cobrou a moradora.

Segundo ela, desde ás 15:00 horas deste sábado (21), esta é a situação da água que abastece as residências. “Quem assegura que estamos com uma água contaminada pelas mineradoras?”, questionou.

 

 

Leia mais: