Jovem de 18 anos grávida de dois meses é esfaqueada pelo companheiro

10

A vítima J.C.S.P de 18 anos deu entrada na Policlínica Municipal por volta das 17h40min de terça-feira dia 05 de setembro, trazida por familiares. O crime aconteceu em uma residência da rua João José Ferreira no Bairro Gigante.

Na manhã desta quarta (06), a mãe da vítima foi a 2ª DRPC registrar o Boletim de Ocorrência e falou a nossa reportagem. Conforme dona Efigênia Maurícia da Silva durante o desentendimento do casal a Polícia Militar foi acionada, porém o militar que atendeu a solicitação informou que não poderia atender a solicitação e orientou que eles deveriam acionar o SAMU, sendo que a filha ainda não havia sido esfaqueada, o que aconteceu após cerca de 40 minutos depois. A vítma foi encaminhada a Policlínica Municipal pelos familiares. Após ser atendida, ela foi transferida para o HMSJ onde permaneceu internada em observação. De acordo com a mãe, a filha sofreu três golpes de faca, sendo, dois nas costas e um na palma da mão direita.

​A nossa reportagem buscou informações junto a Polícia Militar a respeito da denúncia realizada pela mãe da vítima. O comandante da 61ª Cia Ind PM, Capitão  Pyramo, relatou ter o conhecimento apenas do acionamento da Polícia Militar na Policlínica Municipal onde a vítima deu entrada, segundo o Capitão, uma viatura foi empenhada para o atendimento solicitado. Quanto às ligações e informações relatadas pela mãe da vítima em relação ao atendimento da solicitação o Capitão contestou dizendo que isto não condiz com a conduta da Polícia Militar e que ela deve procurar a unidade policial para formalizar a denuncia que será apurada dentro da legalidade.

Fonte: AFX Notícias