Júlio Barros confirma permanência no PT

12
Doutor Júlio Barros /Foto:Arquivo
Júlio Barros se coloca como pré-candidato
Júlio Barros/Foto:Arquivo

Apesar dos rumores de sua saída do PT, o ex prefeito Júlio Barros confirmou que não deixará a sigla e voltou a frisar que é candidato às eleições de outubro. Ontem, dia 21, à noite, diversos partidos da Frente de Esquerda se reuniram para discutir a possibilidade de alianças. Entre os quais estavam o próprio PT, PPS, PCdoB,PTC, PRB, PROS.

Novamente Júlio Barros colocou seu nome a disposição do grupo, mas reiterou seu desejo de disputar a vaga de vice. Questionado sobre a possibilidade de encabeçar uma chapa, Barros defendeu uma ampla aliança com o grupo de Glaycon Franco (PV). Ele reconheceu que o partido sofrerá desgaste nestas eleições. “Vou permanecer no meu partido, pois já temos estrutura e militância”, disse.

Júlio comentou o atual momento da política brasileira com grande desdobramento no quadro municipal. “Estamos em um cenário conturbado no plano nacional.Para nós políticos, é um momento delicado onde toda a classe sofre este desgaste, não só meu partido”, disse.

Perseguido, cassado e hostilizado, o ex prefeito vive o outro lado da moeda. Por onde circula é cortejado popularmente. No meio político sofre assédio de grupos. “Tenho sofrido pressão para a disputa, mas foi decidir no momento mais oportuno. Aguardo a definição de nomes do grupo de Glaycon Franco, para buscarmos uma aliança estratégica para Lafaiete”, resumiu,reconhecendo que seu nome sofre resistência dentro do grupo, principalmente do DEM e do PSDB. Para ele o quadro sucessório está bem atrasado, ao contrário de eleições anteriores.