Justiça decreta prisão de acusado de homicídio em Ouro Branco

13

Assim que a autoria do homicídio ocorrido na última segunda- feira, dia 26, foi confirmada, a Justiça expediu o mandado de prisão de Gleison Honorato Marcelino, apontado com o autor do disparo que matou o trabalhador Wesley Santos Avelar (23), que deixou a viúva e dois filhos sendo um garotinho de (4) e uma recém nascida de apenas quatro meses.Segundo o pai de Wesley o menino chama por ele sem parar. A motivação do crime estaria ligado a cobrança de uma dívida de R$120,00.

No dia 24 de dezembro de 2011, Gleison foi preso pela Polícia Militar como suspeito de uso de drogas em Ouro Branco.