Lafaiete contabiliza 22 desalojados e um desaparecido; Rio Bananeiras abaixa e tranquiliza moradores; bombeiros seguem em busca de desaparecido

12
Em diversas ruas do Bairro Carijós, o rio Bananeiras já abaixou o leito/CORREIO DE MINAS

As chuvas que caíram nos últimos 2 dias deixaram um saldo de 22 desalojados e um desaparecido em Lafaiete. Por precaução, as famílias foram orientadas a deixaram suas casas pelo risco de enchentes mas foram abrigadas em casas de amigos e familiares.

A situação mais crítica ficou por conta do Bairro Carijós quando o Rio Bananeiras subiu mais de mais de 2 metros invadindo casas.   Somente na sexta feira (24), o mapa meteorológico apontou mais de 122 mm de chuvas e hoje (25) a previsão é de 60 mm. Amanhã (26), as chuvas devem chegar a 25mm.

Neste momento, o Rio Bananeiras já abaixou mais de um metro, mas a situação da Defesa Civil é de atenção e alerta a comunidade. Em Lafaiete diversos bairros houve alagamentos de ruas  e a zona rural diversos córrego atravessaram  calha.

Desaparecido

Os bombeiros seguem a busca de um homem, de alcunha de Profeta, que foi arrastado pela força das águas o Bairro de Real de Queluz, em Lafaiete. Ele escorregou e caiu um córrego.