Lafaiete terá ato FORA BOLONSARO no próximo sábado (19)

323

Repetindo 29 de maio, manifestações FORA BOLSONARO ocorrerão no Brasil inteiro no próximo dia 19 de junho. Em Lafaiete será na praça Barão de Queluz, às 13h.

Conselheiro Lafaiete, 13 de Junho de 2021 – Repetindo o sucesso das manifestações nacionais de 29 de maio, Lafaiete se somará aos atos convocados para o próximo dia 19 de junho com a palavra de ordem imbatível e cada vez mais popular: FORA BOLSONARO!!! O lema  “Lafaiete Unida pelo Fora Bolsonaro” será mantido, bem como o local, na praça Barão de Queluz. Haverá mudança no horário, que será às 13h, visando uma convergência com Ouro Branco, onde também será promovida manifestação.

No evidente êxito dos atos de 29 de maio, onde centenas de milhares de  brasileiros foram às ruas em todo o país e demonstraram sua completa indignação com o desgoverno Bolsonaro, Lafaiete não ficou para trás. Na primeira edição, cerca de 100 manifestantes estiveram presentes, sem contar os inúmeros carros que passaram e buzinaram em apoio. Para a realidade de Lafaiete, e pelo fato de muitas pessoas estarem com medo da pandemia, são números substanciais que mostram que a rejeição a Bolsonaro aumenta a cada dia e que seus ataques e desequilíbrio encorajam a população a reagir. Há um grito entalado na garganta e as quase 500 mil mortes, a fome, o desemprego, a inflação e a carestia só aumentam a revolta. Muitas pessoas que estavam receosas em participar no dia 29, viram a organização (a força do movimento) e já demonstraram disposição para somar fileiras em 19 de junho.  O número de entidades apoiadoras dá uma ideia disso: eram 13 no dia 29 de maio e agora são 19. Partidos de esquerda, movimentos sociais, coletivos e sindicatos… Especial destaque para os jovens, completamente envolvidos com a organização e divulgação.

O ato do dia 19 de junho em Lafaiete manterá os protocolos de saúde e segurança bem sucedidos. Toda a população está convidada e os organizadores estarão atentos às medidas de distanciamento social, uso obrigatório de máscara (leve mais de uma, de preferência N95 ou pff2) e higienização com álcool (não se esqueça de levar o seu). Dezenas de máscaras serão distribuídas, mas leve a sua por garantia. Diferentemente dos apoiadores de Bolsonaro, as organizações de esquerda não negam a pandemia e a tônica será a preocupação consigo mesmo e com o próximo. Ninguém queria ir às ruas neste momento, mas Bolsonaro não dá outra alternativa a não ser exigirmos Fora Bolsonaro, Vacina no Braço, Comida no Prato e Auxílio-Emergencial. Somos  contra toda a destruição que este governo tem promovido na Saúde, na Educação, no Trabalho, na renda do trabalhador, na Economia, nas Relações Internacionais, na venda do Patrimônio Nacional a preço de banana… São tantas aberrações que fica até difícil enumerá-las.

Participam do ato PT, PSol, Movimento 65 (PC do B), Movimento dos Trabalhadores Cristãos (MTC), União da Juventude Rebelião,  Resistência Feminina, Sinasefe, Sindicato Metabase, PSTU, CSP Conlutas, Unidade Popular (UP), Movimento Fé e Política, Movimento Acredito, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Desperta Cidadão, Rede Sustentabilidade, PDT, coletivo Mulheres em Luta e coletivo Engenheiros em Luta.