Mapa da violência: Congonhas lidera o ranking homicídios consumados na região

17
FOTO DIVULGAÇÃO

Segundo dados do Banco de Crime Violentos, extraídos no Armazém de Dados do Sistema Integrado de Defesa Social (Sids) que abrange notificações registradas pela Policia Militar, Policia Civil, Corpo de Bombeiro, Sistema Prisional e Sistema Socioeducativo e pesquisado pelo Correio de Minas nesta reportagem sobre o Mapa da Violência na região, aponta a cidade de Congonhas, entre as cinco cidades pesquisadas  (Lafaiete, Piranga, Entre Rios de Minas e Ouro Branco), tem a maior  taxa (16,43%) em número de registros de homicídios consumados em 2019( quadro1). A cidade registrou 9 homicídios neste ano, Piranga vem a seguir e Lafaiete é a 3ª.

Foi realizado um levantamento dos registros de homicídios consumados (quadro 2) nos últimos 8 (2012 a 2019), no qual Congonhas também lidera com uma taxa de 14,13%, com registro de 60 homicídios no período. Os dados trazem também que a cidade de Piranga é a segunda em homicídios consumados com uma taxa de 9,16% (2012- 2019) e com uma taxa de 5,67% em 2019. Das cincos cidades pesquisadas, Entre Rios de Minas e Ouro Branco até o momento em 2019 não há registro de homicídios consumados. Lafaiete apesar ser a cidade mais populosa e registrar 66 homicídios de 2012 a 2019 e 6 homicídios em 2019, no geral, é a 3ª cidade no ranking da região.

Quadro 1 – Homicídios Consumados em 2019 (jan-out)

Cidades População Homicídios Consumados Taxa por 100 mil hab Ranking
Congonhas 09 16,43
Piranga 01   5,67
Lafaiete 06   4,67
Ouro Branco 00   0,00%  4°
Entre Rios de Minas 00   0,00%

 

Quadro 2 – Homicídios Consumados (2012-out de 2019)

Cidades População Homicídios Consumados Média da Taxa por 100 mil hab Ranking
Congonhas 60 14,43%
Piranga 13   9,16%
Oro Branco 24   7,81
Lafaiete 66   6,57%
Entre Rios de Minas 07   5,82%

 

Vale destacar que esta matéria do Correio de Minas sobre o Mapa da Violência em nossa região focou apenas nos dados de homicídios consumados que revela que em oito anos (2012 a outubro de 2019) foram registrados 170 homicídios consumados nas cinco cidades pesquisada, com média de 21 pessoas assassinadas por ano. O banco de Crimes Violentos abrange outras naturezas de crimes que serão analisados e publicados em novas matérias no Correio de Minas.

 

*municípios que compõem Amalpa com população acima de 10.000 hab

** Cálculo da Taxa por 100 mil: Divide-se o número de determinada infração penal no nosso caso, homicídio consumado ocorrida no município, durante determinado período (geralmente anual), pelo número de habitantes do município. Então, multiplica-se o resultado por 100.00