Motoristas voltam a protestar na BR 040 contra medida da Gerdau e transportadoras suspendem atividades

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Trabalhadores e motoristas se mobilizam neste momento em frente a sede da Tora Transportes na BR 040, em Congonhas. A manifestação é contra a medida da Gerdau no suposto privilégio no volume de minério transportado da mina Várzea do Lopes a diversos destinos na região. Outras transportadoras e autônomos seriam afetados e a possibilidade de perda de mais de 1 mil empregos. Hoje toda as transportadoras suspenderam suas atividades em função do movimentos dos motoristas.

Manifesto

Os trabalhadores lançaram um manifesto. leia na íntegra:”Nós, caminhoneiros de Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Ouro Branco e região viemos por meio deste reivindicar nossa indignação com as decisões tomadas pela empresa Gerdau S.A.

A indústria chegou e se estabeleceu em nossa região, explorou e explora nossas riquezas minerais e naturais, e tudo isso com a promessa de trazer empregos.

Motoristas cobraram valorização da classe pelas mineradoras e siderúrgicasgos  para a população local e aquecer  a economia das cidades, porém as últimas decisões tomadas pela mesma demonstra bem o contrário.

Pois agora ela quer retirar  todos os caminhoneiros locais, para conceder as vagas de trabalho somente para transportadoras externas, grandes e ricas, da cidade de Belo Horizonte, com veículos emplacados no estado da Bahia, estabelecendo assim um grande e injusto monopólio capitalista em nossa região.

Essas transportadoras externas já vem há algum tempo recebendo prioridades no serviço, como por exemplo preferência na fila de carregamento e descarregamento, e nós, caminhoneiros terceiros, moradores locais e país de família, estávamos ficando só com o esse pouco restante. E agora eles querem tirar até este pouco que nos restava, deixando assim inúmeros motoristas desempregados e várias famílias  desamparadas.

O que nos sobra é apenas os malefícios, essa gigante exploração humana e ambiental: poluição, de emissão de gases tóxicos, barragens com riscos eminentes e agora desemprego e dificuldades financeiras.

Contamos com a ajuda e apoio do poder público e esperamos que vocês possam se unir a nós e a toda classe trabalhadora, para assim ganharmos mais força para pressionar a administração da Gerdau, tentar reverter essa situação, conquistar nosso ganha pão novamente e evitar que uma crise de desemprego possa atingir e assolar nossa região”.

O outro lado

A Gerdau esclarece que as atividades de transporte para sua operação de mineração no estado de Minas Gerais são realizadas por empresas parceiras e por caminhoneiros autônomos. A empresa sempre avalia um mix de contratação baseado na sua estratégia de logística, tendo sempre como premissa a contratação de mão de obra local.

 

Leia mais:

Medida da Gerdau pode desempregar mais de 1 mil motoristas na região

Motoristas fazem protesto na Br040

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *