Mulheres são minoria nas Câmaras mas duplicam participação

16

As mulheres ampliaram o espaço nas mais de 20 Câmaras Municipais da região. O ambiente dominado essencialmente por homens agora ganha um novo ar feminino.

As mulheres, mesmo que timidamente, dobraram  participação no poder legislativo arejando o ambiente.

Nas 3 principais cidades, eram apenas 3, sendo duas de Ouro Branco e uma de Congonhas. Agora são 4.  Desde 2008 a cidade não tinha uma mulher na Câmara porém Carla Sassi (PSB) foi mais votada da cidade com 1.715. Em Ouro Branco, Nilma Aparecida (PT) foi reeleita. Agora em Congonhas, são duas mulheres, Cida Penido e Patrícia Monteiro, ambas do PTB.

Das 20 cidades apenas Jeceaba e Piranga não haverá uma mulher nos legislativos. A maior representação do gênero feminino será em Rio Espera com 3 vereadoras. Itaverava, Desterro de Entre Rios e Queluzito serão duas mulheres entre as 9 cadeiras dos legislativos.

Apesar do avanço, a representação na região não passa de 20%. Enquanto os homens são maioria esmagadora ocupando 183 cadeiras, as mulheres chegam a 21.