Na Câmara, Prefeito exalta clima de união, enumera obras para 2020 e adverte que não há milagres

16
Prefeito marcou presença a primeira sessão legislativa de 2020/DIVULGAÇÃO

Como em 2017, em seu primeiro ano de Governo, ainda embalado pela acachapante vitória, o Prefeito Mário Marcus (DEM), voltou a abertura dos trabalhos legislativos em sessão ocorrida na noite desta terça feira (4). União, parceria, motivação, entusiasmo foram os adjetivos que o gestor usou, como a 3 anos atrás, para reforçar novamente o clima entre os dois poderes.

Mario voltou a frisar a crise financeira que atravessou seu governo. “Sabíamos das dificuldades quando assumimos já que naquele momento passávamos pela maior crise brasileira, sejam política ou econômica. O entusiasmo e a motivação são as mesmas”, avaliou.

Mário enumerou diversas obras para 2020 e discorreu sobre o momento econômico vivido pela cidade/DIVULGAÇÃO

Ele criticou as obras paralisadas herdadas e enumerou para 2020 as obras como o asfaltamento completo da Avenida Geraldo Plaza, no Paulo VI, como em outros 11 bairros, conclusão da creche do Bela Vista e a construção de 4 pontes, dentre outras. Mário destacou as melhorias físicas nas escolas municipais e antecipou a reformas de diversos PSFs e postos de saúde. Antes de seu discurso, o prefeito havia presenciado a leitura do requerimento do Vereador Pedro Américo (PT) em que cobrava uma urgente reforma no UBS do bairro Albinópolis  alertando sobre a sua situação precária. Mário também destacou a reforma na policlínica municipal e funcionamento, em março, do posto de coleta de sangue.

No campo político, o prefeito exaltou o clima de cordialidade como frisou o respeito a diferenças políticas e ideológicas. “Independente de partido, recebo todos os vereadores. Convivemos com as diferenças mas com o objetivo comum de melhorar nossa cidade”.

Mário Marcus elogiou a disposição de trabalho e empenho dos vereadores mesmo em recesso. “Presenciei que mesmo no recesso, os vereadores estavam em plena atividade política, ao lado das comunidade”, afirmou.

Um dos pontos do discurso de Mário Marcus foi reconhecer a reduzida capacidade de investimentos da prefeitura. “Queríamos atender as demandas dos vereadores, mas não há milagres”, concluiu.

Por fim, o prefeito enalteceu a criação de vagas em creches um dos gargalos da educação. “Enquanto os prefeitos que me antecederam criaram mais de 600 vagas, em menos de 3 anos disponibilizamos mais de 400 vagas”.