No histórico Casarão dos Araújos, Belo Vale retorna ao CODAP

22

A 77ª Assembleia do Consórcio para o Desenvolvimento do Alto Paraopeba (CODAP) foi marcada pelo retorno de Belo Vale e pela aprovação do ingresso do Município de Catas Altas da Noruega no consórcio. O encontro dessa segunda-feira, 2, que reuniu os prefeitos José Lapa, o anfitrião (Belo Vale); o presidente do CODAP e prefeito de Congonhas, Zelinho; Hélio Marcio Campos (Ouro Branco); Avimar de Melo Barcelos (Brumadinho, cidade que se associou recentemente ao CODAP); José Walter Resende Aguiar (Entre Rios de Minas); Elias Ribeiro de Souza (São Brás do Suaçuí); Leonardo Augusto Moura Braga (Moeda); além dos vices Paulino Pena de Oliveira (Entre Rios de Minas) e o sempre presente Celso Roberto Vaz (Ouro Branco), mais a equipe do consórcio aconteceu no belo Casarão dos Araújos.

“O sobrado, inspirado em construções típicas dos primeiros anos de Belo Horizonte, foi construído entre 1923 e 1929 por um comerciante e Juiz de Paz, representante do distrito de Belo Vale no Município de Bonfim, a fim de ampliar suas atividades comerciais”, explicou o prefeito José Lapão à respeito do Casarão que ele mesmo reformou em 2017.

A Prefeitura de Belo Vale apresentou o ofício de solicitação de reingresso no CODAP, que foi aprovado pela assembleia. O próximo passo é o envio do projeto de lei pela Administração Municipal daquela cidade para a Câmara de Vereadores, para avaliação e possível aprovação.

Durante a assembleia, a Associação Vilarejo Amarando, que possui um projeto de ECOVILA na cidade de Moeda, apresentou o modelo de referência de vida simples e coletiva em conexão global e local, aplicando conhecimentos em bioconstrução. A entidade demonstrou o funcionamento de um dos projetos já implantados no Vilarejo, que é o sistema biodigestor de tratamento de esgoto, uma ação consciente e de cuidado com o meio ambiente.

Durante a reunião, os prefeitos e a equipe do CODAP trataram dos sistemas de monitoramento “Olho Vivo” e a importância da segurança pública para os municípios consorciados. A empresa convidada SEMELC, que atua em São João Del Rei e região na área de segurança por meio da instalação do Circuito Fechado de TV (CTFV), mostrou para os prefeitos como seria a instalação de um circuito fechado composto por câmaras que monitoram locais estratégicos das cidades e eventos. Os equipamentos são locados e consistem em câmaras Speed Dome e câmaras fixas IP, posteadas com fibra ótica. Os principais benefícios da implantação do circuito são: prevenção de delitos, prevenção às drogas, proteção patrimonial, identificação de atores em incidentes e consequente aumento da segurança do municípios.

Os participantes também atualizaram as informações relacionadas às ações em desenvolvimento no consórcio, como o Castramóvel, o Centro de Referência de Agricultura Familiar, as licitações vigentes e o SIM Consorciado. Acontece esta semana em Conselheiro Lafaiete a capacitação de equipes de 20 prefeituras sobre este serviço de inspeção.

A próxima assembleia do CODAP está agendada para o dia 8 de maio em Conselheiro Lafaiete.