Novo cepeamento por rua começa a funcionar em janeiro

10
O diretor da agência dos Correios de Lafaiete, José Sebastião, com os funcionários da Câmara Anderson tavares e Ana Eliza/CORREIO DE MINAS

Em 2018 chega ao o CEP único em Lafaiete. Ontem, dia 19, a Câmara fez o ato de lançamento o Selo Comemorativo à edição da Lei Municipal nº 5.872, de 14 de setembro, de 2017, a chamada Lei do Abairramento do Município, de iniciativa do Legislativo, que vai permitir aos CORREIOS promover as mudanças finais para a implantação do CEP por rua.

O projeto foi elaborado, após uma exaustiva pesquisa, desde 2013, quando ele entrou em tramitação na Casa Legislativa. A nova lei estabelece o abairramento, fixando os limites dos logradouros públicos de acordo com os bairros a que pertencem, regularizando e legalizando as suas denominações, consolidando a legislação referente à denominação de ruas e avenidas. Após o lançamento do selo e a sua obliteração seguiram-se aos discursos enaltecendo a importância da nova lei. Presente ao evento, o gerente dos CORREIOS, em Lafaiete, José Sebastião, mais conhecido como Cecel, antecipou a nossa reportagem que a implantação ocorrerá na primeira quinzena de janeiro já com os

O prefeito Mário Marcus oblitera selo durante a cerimônia na Câmara/CORREIO DE MINAS

CEP’s definidos por rua lançados nos sistema federal da Estatal. “É com muita satisfação que esta Câmara aprova um dos projetos mais importantes desta legislatura”, resumiu o presidente da Câmara, o vereador Sandro José (PSDB). O projeto levou mais de 4 anos de levantamentos, estudos, reuniões e visitas envolvendo diversos funcionários da Câmara que se debruçaram ao estudo dos nomes de ruas de Lafaiete, como também confrontando in loco de todas as dúvidas levantadas para enfim terem em mãos um projeto definitivo sobre os logradouros da cidade que expresse com precisão o mapa da cidade. “Podemos afirmar que os vereadores estão dando sua contribuição na organização e planejamento da cidade delimitando onde está cada bairro, cada rua e cada avenida”, disse Sandro José. Segundo ele, o novo projeto vai ajudar no novo zoneamento da cidade definindo áreas de atuação de cada PSF e das escolas, favorecendo e identificando os moradores, até mesmo na cobrança justa do IPTU. “Me sinto orgulho deste momento que eu corri atrás e não fiquei esperando acontecer”, afirmou Sandro, citado a visita a Brasília na sede dos CORREIOS  para tratar da implantação do novo CEP.

O vereador João Paulo (DEM) nomeou os diversos presidentes de Câmara que contribuíram na finalização do projeto de cepeamento. Ele citou a dedicação dos funcionários Anderson Tavares e Ana Eliza como fundamentais na elaboração do projeto. O prefeito Mário Marcus (DEM) citou a importância cepeamento por rua no progresso de Lafaiete.

O mais importante será a agilidade na entrega e ampliando os serviços a bairros cobertos. São 19 bairros não atendidos que agora poderão contar com os Correios. “Isso é cidadania”, disse Sandro.