Operação na avenida: traficante é preso vendendo LSD, ecstasy via whatsapp e comércios são multados

12
Materiais que foram apreendidos pela PM /Divulgação
Materiais que foram apreendidos pela PM /Divulgação

Nesse domingo, dia 13 de novembro, por volta às 21:30 horas, a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros realizaram a Operação Policial na Avenida Prefeito Telésforo Cândido de Resende. Os policiais avistaram alguns indivíduos no interior de um estabelecimento, sendo que um deles demonstrava atitude suspeita que motivou a sua abordagem com o qual foi encontrado, no bolso de sua blusa, de um invólucro plástico contendo 27 micro pontos de substância análoga a LSD e 6 comprimidos de ecstasy, além da  quantia de R$ 432,00 em cédulas diversas.

Durante a abordagem, os Policiais Militares foram informados que o abordado realizava intenso tráfico de drogas sintéticas aos finais de semana no local, depois de adquirir tais substâncias na cidade de Belo Horizonte, sendo costume ele ficar naquele local da abordagem como forma de não chamar a atenção e, ali mesmo, realizava a venda dos entorpecentes. A traficância era realizada também por telefone e pelo aplicativo whatsapp.

Diante dos fatos, o autor foi preso em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e conduzido à Delegacia de Polícia juntamente com as substâncias, dinheiro e seu aparelho celular apreendidos.

O Corpo de Bombeiros autuou 9 estabelecimentos e  aplicou multa aos bares e restaurantes que estavam em situação irregular a Lei de Prevenção a Incêndio e Pânico.  Foram empregados 3  viaturas da Polícia Militar e 1 do Corpo de Bombeiros com 10 militares, sendo 8 policiais militares e 2 bombeiros militares.