Os pequenos contra os grandes: moradores e sitiantes pedem apoio do poder público e ameaçam bloquear BR 040

21

Via 040 se reúne com produtores rurais e a prefeitura na próxima quinta feira, dia 5, em Lafaiete 

Revolta toma conta de moradores e sitiantes
Revolta toma conta de moradores e sitiantes/foto:CORREIO DE MINAS

Revoltados com a falta de apoio do poder público, os moradores e sitiantes já ameaçam fazer um ato de paralisação a BR 040, caso a Via 040 novamente bloqueie a estrada vicinal que dá acesso a suas propriedades.

A estrada muito conhecida como a antiga União Indústria é usada pelos moradores há pelo menos 50 anos. Somente nos últimos 20 dias a concessionária, sem qualquer consulta, bloqueou o acesso com pedras, valetas e cimento, pelo menos 3 vezes, impedindo o trânsito.

A vida dos moradores saiu da rotina desde que a Via 040 iniciou os bloqueios. Na manhã do dia 3, nossa reportagem acompanhou mais uma vez o drama vivido pelos sitiantes e produtores rurais. A irmã idosa de um morador teve que se mudar do local para Cristiano Otoni por que a família vive ilhada quando bloqueiam a estrada.

Irmã de morador mudou-se do local para Cristiano Otoni, pois o bloqueio edixa casa ilhada e sem acesso
Irmã de morador mudou-se do local para Cristiano Otoni, pois o bloqueio e deixa casa ilhada e sem acesso/Foto:CORREIO DE MINAS

Um sitiante, que tem mais de 40 mil pés de mexerica poncã, não sabe ainda como vai fazer na colheita que se avizinha. Ele terá que percorrer mais de 10 km a mais por dia para escoar sua produção. Na manhã desta terça feira, sitiantes chegaram a discutir rispidamente com um dos donos da Fazenda Lagartixa. Para os produtores o proprietário estaria conivente com o fechamento da estrada. José Maria nega a versão dos produtores, mas voltou a frisar que a estrada é particular. “A Via 040 vai novamente bloquear a estrada”, advertiu José Maria.

A maior reclamação é que os moradores estão marginalizados pelo poder público e lutam sozinhos sem qualquer apoio. “Não aguentamos mais esta situação. A gente não tem mais sossego familiar”, lamentou o morador Wilson.

Insatisfeitos, sitiantes revelaram a nossa reportagem que esta será a última vez que vão desbloquear a estrada, já que o serviço da máquina é custeado pelos produtores. Agora eles vão promover um grande ato e paralisar a BR 040. “Somente assim acho que as autoridades nos socorrem”, disse o produtor Áureo Vieira.

Reunião

Durante entrevista na noite desta segunda feira, dia 2, o prefeito garantiu que se a estrada for pública vai intervir no caso e defender os interesses do município. Para ele, é uma crueldade o que faz a concessionária com os moradores.

Segundo o Sub Procurador, José Luiz, a prefeitura ainda depende de estudos para definir se a estrada é pública ou privada, mas já notificou a Via 040, porém a concessionária alegou que a via é privada o que garante o bloqueio.

José Luiz disse que a empresa alegou que a estrada é rota de fuga é há grande perigo quando os veículos cortam a BR 040. “Se alegam que quando atravessamos há perigo, porque também não bloqueiam a entrada de Buarque de Macedo que traz mais insegurança do a que nossa?”, questionou um produtor.

Máquina tenta liberar terreno
Máquina tenta liberar terreno/Foto:CORREIO DE MINAS

Na próxima quinta-feira, dia 4, acontece uma reunião entre uma comissão de sitiantes, a prefeitura e representantes da Via 040. A intenção é buscar um consenso e por fim a polêmica dos constantes bloqueios.