Parceria com o CODAP garante recursos da CEMIG para as cidades de Ouro Branco e Entre Rios

17

Os prefeitos Hélio Campos, de Ouro Branco, e José Walter, de Entre Rios de Minas assinarão, no dia 30 de novembro, contratos com a CEMIG para que sejam implantados nos dois municípios projetos de eficiência energética, destinados a unidades consumidoras pertencentes á área de concessão da CEMIG D. Esta conquista se deveu ao trabalho realizado em parceria entre as duas prefeituras e o Consórcio Público para o Desenvolvimento do Alto Paraopeba (CODAP), que havia realizado processo licitatório para contratação de uma empresa especializada em engenharia de energia. A vencedora foi a Construtora Morais & Lage Ltda- CML Energy, que elaborou diagnósticos energéticos e projetos de eficiência energética para as duas cidades consorciadas, que, de posse deles, participaram da Chamada Pública Eficiência Energética 2018, promovida pela concessionária, e foram contempladas.

A Prefeitura de Entre Rios de Minas apresentou projeto que visa à eficiência energética dos sistemas de iluminação dos prédios públicos (unidades básicas de saúde, escolas, sede da Prefeitura, Secretaria de Educação, entre outros), realizando a substituição de lâmpadas antigas, por lâmpadas e refletores LED, tendo em vista à redução do consumo de energia, redução das despesas financeiras, melhoria da iluminação, conforto dos usuários e adoção de atitudes visando ao desenvolvimento sustentável da instituição. O Município será contemplado com o valor de R$ 87.708,64 para realização dessas ações.

A Prefeitura de Ouro Branco apresentou dois projetos com os mesmos objetivos da Prefeitura de Entre Rios de Minas. Foram contemplados o Hospital Municipal Raymundo Campos com o valor R$ 179.906,82 e outros prédios públicos (UBS’s, escolas, sede da Prefeitura, entre outros) com o valor de R$ 300.943,37 para a  realização das ações de eficiência energética.

“O total de recursos captados é da ordem de 568.558,83, possibilitando aos municípios de Ouro Branco e Entre Rios de Minas, nessa época de crise financeira, realizarem investimentos em beneficio da população e mostra também a importância da gestão consorciada para o desenvolvimento regional”, afirma a  diretora administrativa, Fabiana Rodrigues Pereira.