Piranga: Operação apreende documentos e aparelhos em casa de ex presidente de instituto de previdência; ele é suspeito de desvio de R$ 70 mil

33
A Polícia Civil cumpriu operação em Piranga /DIVULGAÇÃO

A Polícia Civil realizou, nesta sexta-feira (20), a operação Zakinthos, com objetivo de dar cumprimento a mandado de busca e apreensão em Piranga. O principal envolvido, R. A., é suspeito de cometer fraudes em sua gestão quando era presidente no Instituto de Previdência do Município de Piranga, bem como suposto crime de peculato e falsificação, além de ter causado um desfalque de pelo menos R$70 mil nas contas do instituto quando atuava na presidência do IPREMPI (Instituto de Previdência Municipal de Piranga).

Foi feita a apreensão de celulares e documentos pertinentes a investigação e um DVD de Backup de documentos do IPREMPI de 2014.

A operação leva esse nome fazendo referência a uma fraude na previdência ocorrida na ilha grega chamada Zakinthos, onde as pessoas se fingiam de cegas para ter direito a um benefício.

O caso foi levado apuração pela delegacia de Polícia pelo atual presidente do IPREMPI, Luiz Gustavo, quando constatou inúmeras irregularidades e supostos desvios .