PM troca tiros com bandidos durante assalto a caminhão baú da Ricardo Eletro na BR 040; perseguição policial começou na rodovia e chegou a ruas de Lafaiete

18

No dia 10. por volta das 0:00 horas, os Policiais Militares receberam informações da Polícia Rodoviária Federal de que um caminhão que fazia o transporte de eletrodomésticos das Ricardo Eletro havia perdido contato com a central de monitoramento na LMG 844, estrada que liga a BR 040 à cidade de Queluzito. Os Militares se deslocaram para o local a fim de tentar localizar o caminhão. Aproximadamente dois quilômetros adentro MG844 os Policiais Militares se depararam com dois veículos de passeio escoltando um caminhão baú. Imediatamente iniciaram o acompanhamento sendo que, no momento em que os condutores dos três veículos perceberam a presença dos policiais eles empreenderam fuga em alta velocidade.

Os Policiais Militares acionaram então sirenes, giroflex e sinais luminosos, contudo os condutores ignoraram os sinais de paradas e acelerando ainda mais, acessaram a BR 040, sentido Conselheiro Lafaiete. Imediatamente acionaram o Plano de Cerco e Bloqueio via rede de rádio repassando as informações.

Durante a perseguição na BR 040 perderam contato com os veículos de passeio, conseguindo acompanhar apenas o caminhão, contudo alertaram as viaturas que se encontravam no bloqueio que havia dois veículos em alta velocidade se deslocando na direção dos Policiais Militares. Ainda na BR 040, os dois veículos de passeio “furaram” o Bloqueio, e momento esse em que foram efetuados disparos de arma de fogo contra os Policiais Militares, além de os autores terem jogado o veículo contra Policiais Militares que faziam a Operação Cerco e Bloqueio. Enquanto isso, alguns Policiais Militares, continuavam a acompanhar o caminhão.

Sendo que, no momento em que tal veículo se aproximou do trevo do Bairro Paulo Sexto, em Conselheiro Lafaiete, ele parou o veículo na BR 040 entretanto o condutor não desembarcou, os  Policias Militares tentaram realizar a abordagem, contudo foram surpreendidos com disparos de uma arma de fogo direcionado contra os mesmos pela janela do motorista do caminhão, imediatamente  eles se abrigaram, e revidaram a  agressão com disparos de armas de fogo. Em seguida, o condutor do caminhão acelerou novamente o veículo sentido Belo Horizonte. Os Policiais Militares iniciaram então, nova perseguição. Durante a qual, o motorista do caminhão efetuou disparos no intuito de alvejar a Viatura Policial que se encontrava em sua retaguarda, além de ter tentado acertar as outras viaturas movimentando o caminhão de um lado para o outro da pista.  Diante disso, no intuito de cessar a injusta e iminente agressão, os Policiais Militares dispararam contra o caminhão, visando principalmente os pneus do referido veículo, o qual continuou empreendendo fuga, tomando a Rua Geraldo Plaza, sentido Bairro Amaro Ribeiro, em Conselheiro Lafaiete.

O caminhão convergiu à direita na Rua Geraldo Plaza, acessou uma estrada vicinal, sem saída,  e o motorista abandonou o caminhão em movimento e adentrou em uma mata fechada. Apesar dos esforços não foi possível localizar o autor do disparo nem seu armamento uma vez que já se encontrava a noite e a área de mata era bastante fechada. Ao realizarem a vistoria no caminhão, foram localizados diversos objetos oriundos do roubo ao caminhão do referido estabelecimento comercial. Enquanto isso, foi feita Operação de Cerco e Bloqueio para a interceptação dos veículos suspeitos nas proximidades do trevo do Bairro Paulo Sexto, local de boa visibilidade e onde existem redutores de velocidade que propiciaram a interceptação dos veículos, de modo que as Viaturas Policiais foram então estacionadas estrategicamente no leito da rodovia com giroflex acionados, os Policias Militares se postaram em local de segurança, onde foi sinalizada e dada ordem para que todos os veículos que trafegavam naquela rodovia diminuíssem a velocidade. Foi percebido que dois veículos dirigiam-se em direção ao dispositivo montado em alta velocidade, o primeiro veiculo de cor preta (modelo não identificado) ao perceber a sinalização dos Policias Militares no leito da rodovia, iniciou um série de disparos de arma de fogo em direção a elas, sendo que esses, então efetivaram disparos em direção aos autores no intuito de cessar a ação delituosa. Contudo esse veículo rompendo a Operação de Cerco e Bloqueio, conseguiu evadir em fuga pela rodovia BR 040 sentido Belo Horizonte/MG. O outro veículo, que vinha logo após esse, foi claramente identificado como sendo um veículo Ford/Fiesta modelo Sedan, sendo que um dos ocupantes ao aproximar-se do aparato policial efetuou dois disparos de arma de fogo em direção a um dos Policiais Militares, o qual em defesa própria e para repelir a injusta agressão efetuou também disparos no intento de fazer cessar a ação criminosa, tendo em vista que inclusive o condutor em fuga jogou o citado veículo na direção do Policial Militar. Foi iniciado um intenso rastreamento em busca do veículo Ford Fiesta, o qual foi encontrado na Rua Alfredo Elias Mafuz, Bairro Santa Matilde, colidido no portão de ferro de uma residência.

No local, caído ao solo, se encontrava uma pessoa, a qual posteriormente identificado como vítima na  ação criminal, do Bairro Laguna, Contagem/MG.  Durante essas diligências, chegou ao conhecimento das Equipes Policiais que possivelmente um dos autores estaria nas margens da linha férrea. Imediatamente os Policiais Militares se deslocaram até o local denunciado, logrando êxito em encontrar um dos autores, e ao proceder a abordagem do mesmo, ele alegou que de fato estava junto com mais 3 autores no roubo ao caminhão do referido estabelecimento comercial. Esse autor, afirmou para os Policias Militares que fora contratado por um dos autores, para providenciar um translado de uma carga que seria tomada de assalto e teria o destino posterior a Belo Horizonte/MG. Esse autor afirmou que tendo percebido o Cerco Policial acelerou o veículo com intuito de não ser abordado, vindo adentrar em uma estrada vicinal onde abandonou o caminhão roubado e a carga. Alegou que empreendeu fuga por meio de uma mata fechada, vindo inclusive a lesionar-se durante a fuga, quando caiu em um barranco, que logo após foi capturado e preso pelos Policiais Militares. Durante rastreamento no encalço dos demais autores a Equipe Policial, estando mais precisamente na Rua Quintino Bocaiuva percebeu certa movimentação estranha em meio a mata, sendo que percebido que um indivíduo de cútis parda ao perceber a presença dos Policiais Militares tentou evadir, foi alcançado e nesta oportunidade constatou-se que o mesmo se encontrava ferido com um corte no dorso da mão esquerda, o qual apresentava sangramento. Esse indivíduo foi identificado como um dos autores, questionado logo passou a esclarecer a Equipe Policial que de fato estava envolvido no assalto ao veículo de carga. Em entrevista alegou categoricamente que planejou toda a ação; que contratou um dos autores, como motorista de fuga do caminhão, esse contrato foi feito através de seu primo, o qual também esteve envolvido na ação e nesta oportunidade teve a responsabilidade de escoltar o caminhão bem como realizar a segurança do carro em que ele estava. Afirmou ainda, que utilizou no assalto uma pistola 380, arma de fogo essa que tentou contra os Policiais Militares na expectativa de fuga e que monitoraram o caminhão placa EHH 8330 bem como da carreta PXC 0936, desde sua saída no município de Contagem, e que preferiram praticar a ação já nas imediações da cidade de Queluzito face ao grande fluxo de veículos que trafegavam pela rodovia e impediam a ação do assalto. O autor afirmou ainda que tão logo tomaram o caminhão de assalto, deslocaram-se para uma vicinal já no município de Queluzito, onde realizaram o transbordo de parte da carga, a qual segundo ele teria destino para o município de Contagem/MG. Assim confirmou para os Policiais Militares que estavam presente nessa ação mais 05(cinco)  indivíduos, que segundo sua versão estava em um veiculo Ford Focus, de cor prata. De posse dessas informações, foi iniciado intenso rastreamento  em busca desses autores, mas não foi logrado êxito até o momento.

Diante do exposto foi acionada a Perícia Técnica. O veículo Ford Fiesta,  de placa ODH3 695, utilizado no assalto, foi removido para o pátio credenciado. Realizou-se contato com a Central de transportes do referido estabelecimento comercial ficando acertado que compareceriam ao local para a devida custódia dos eletrodomésticos recuperados, bem como do caminhão de carga. Foi dada voz de prisão aos autores sendo garantidos seus direitos constitucionais, preservação de suas integridades físicas para tanto foram imediatamente encaminhados a Unidade Básica de Saúde para os primeiros atendimentos, e cumpriu-se diligências de buscas e varreduras no local onde os autores afirmaram ter dispensado o armamento as quais face a complexidade do evento continuam em andamento.

 Imagem:Reprodução