Polícia Civil apura ação criminosa de estelionatários do Triângulo Mineiro na região

23


A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu na última terça-feira (22) um indivíduo, de 57 anos, pelo crime de estelionato. A prisão ocorreu no município de Barbacena e foi o ponto de partida para outras duas prisões realizadas pela Polícia Militar, na cidade de Conselheiro Lafaiete.
Após funcionários de uma agência bancária localizada no bairro Pontilhão, em Barbacena, desconfiarem da autenticidade da documentação apresentada pelo suspeito para abertura de conta bancária, a equipe de policiais civis da Delegacia Regional de Barbacena foi acionada para comparecer no local.

Polícia Civil apura ação criminosa de estelionatários do Triângulo Mineiro na região/ DIVULGAÇÃO/CP


Durante a abordagem policial e, após diligências e entrevistas, o suspeito foi identificado e localizado mandado de prisão temporária em seu desfavor, pelos crimes de estelionato, uso de documentos falsos e associação criminosa.
As investigações da Polícia Civil levantaram a existências de outros indivíduos que estariam envolvidos na ação criminosa e que possivelmente estariam hospedados em um hotel, na cidade de Juiz de Fora. Tendo em vista as informações obtidas, foi solicitado apoio à Delegacia de Polícia Civil de Juiz de Fora e à Polícia Rodoviária Federal, que obtiveram sucesso na identificação do
veículo utilizado pelos investigados e seu paradeiro.
Dando continuidade a ação policial foi solicitado apoio da Polícia Militar em Conselheiro Lafaiete para que fosse realizado um bloqueio nas áreas de entrada e saída da cidade, momento em que o veículo foi localizado e os outros dois suspeitos foram presos.
Foram apreendidos durante a ação máquinas de cartão de crédito, notebook, documentos falsos, dinheiro, joias, um rolo de talão em branco da empresa Cemig, além do veículo utilizado pelos indivíduos.

Leia mais: