Prefeitos lançam “Carta de Tiradentes” em encontro inédito entre AMALPA e AMVER e vislumbram novo momento regional

20
Prefeitos e lideranças mostraram o poder mobilização e reivindicação regionais

Entre o belo casario colonial, igrejas barrocas e um cenário que remonta as origens de Minas Gerais, a bela Tiradentes sediou um encontro ainda inédito entre duas associações micro regionais que buscam o protagonismo no Estado. Lideranças da AMALPA, que reúne município do Vale do Piranga e Vale do Paraopeba, e da AMVER, que congrega cidade da região da Vertentes, debateram e discutiram revindicações comuns. A reunião  aconteceu hoje, dia 1º, no Centro Cultural Yves Alves.

O resultado foi o lançamento da Carta de Tiradentes em que prefeitos cobraram dos governos estadual e federal o repasse de verbas em atraso da saúde, transporte escolar e ICMS. O documento solicita a liberação imediata de recursos aos municípios que passam por sufoco financeiro. A carta, assinada pelos prefeitos das duas entidades, será envidada ao Governador Pimentel, Presidente Temer, a Assembleia de Minas e ao Congresso Nacional. “Estamos deixando de atender nossos cidadãos por falta de medicamentos, consultas, etc que são responsabilidade dos governos estadual e federal. Isso sem contar que o governo estadual não está repassando o ICMS integralmente que é de direito de nossos municípios”, desabafou o prefeito de Ritápolis e presidente da AMVER, Higino Zacarias (PSDB). Ele elogiou a iniciativa do encontro, considerada por ele como um momento histórico de união e mobilização de uma região em torno de uma agenda comum.

Prefeitos e lideranças mostraram o poder mobilização e reivindicação regionais

O Prefeito de Lafaiete e presidente da AMALPA, Mário Marcus (DEM) demonstrou seu entusiasmo com a união e os resultados o encontro. “Este momento sela um novo patamar de relacionamento para a nossa região em um esforço comum para superar e encarar os desafios. Juntos somos mais fortes e com poder de mobilização e revindicação. Este encontro é um marco para Minas”, avaliou. Já o prefeito de Tiradentes, anfitrião da reunião, fez uma avaliação positiva. “Este momento histórico vai alavancar o crescimento através do associativismo”, disse já anunciando para 2018 um novo encontro das duas micro associações regionais. “Aqui nasceu o sonho de liberdade dos Inconfidentes e agora estamos lançando um projeto protagonista de emancipação de nossos municípios”, arrematou.

Reunião inédita de duas associações em Tiradentes teve presença maciça de lideranças

O deputado Glaycon Franco (PV), um dos entusiastas e articuladores da reunião, sugeriu a participação da AMMA (Associação dos Municípios da Micro Região da Mantiqueira, com sede em Barbacena. “Podemos unir toda a região do território da Vertentes, que somam mais de 50 cidades, em uma grande mobilização de nossos municípios. Seria um marco histórico. Aqui nasce um novo movimento, defendeu, que citou que muitas cidades da região ostentam índices sociais bem idênticos ao Vale do Jequitinhonha.

Presenças

O secretário adjunto de turismo, Gustavo Arraes, fez sua explanação defendendo a atividade como impulsionadora do desenvolvimento econômico de Minas e da região. O consultor técnico do SEBRAE, Anderson Cabido, apontou que os Municípios precisam gerar renda, através do incentivo ao empreendedorismo. Marcelo Franco, consultado do Consórcio de Desenvolvimento do Alto Paraopeba (CODAP), expôs a iniciativa de criação do sistema municipal e inspeção através da entidade congregando os municípios consorciados.

Professores da Universidade Federal de Minas Gerais apresentaram aos prefeitos um sistema capaz de gerir e controlar o transporte escolar diminuindo custo dos serviços através do controle de rota. Quem encerrou a reunião foi o ex deputado estadual, Diniz Pinheiro.