Prefeitura avança com obras de contenção e recuperação de erosões

18

Secretaria Municipal de Obras registra 17 locais afetados pelo problema no município

As obras de contenção e recuperação de erosões em Ouro Branco estão na lista de prioridades do Governo Municipal. O problema afeta pelo menos 17 locais no município, nas zonas urbana e rural, e se arrastou sem resoluções ao longo dos anos tornando, a cada dia, mais elevados os custos para a recuperação das áreas afetadas.

 

Os primeiros locais escolhidos para a realização das obras são os processos erosivos formados próximo à Av. Mariza de Souza Mendes, entre a Madecol e a Nacional Tintas, e à Av. Consider, no Siderurgia.

 

Av. Mariza

 

A obra de contenção da erosão próxima à Av. Mariza está em etapa final. Para solucionar o problema do processo erosivo que começou em 2013, a obra custará R$ 347.444,45 até sua finalização. Em 2015, quando foram realizados estudos e avaliações para o tratamento da erosão pela administração anterior, a obra estava estimada em R$ 280 mil, mas não foi realizada pelo então governo.

 

Obra entre a Madecol e a Nacional Tintas, na Av. Mariza, está em fase final/Divulgação

No local, foi feito aterro compactado e construída nova rede de drenagem pluvial, além de realizada recomposição de talude para conter deslizamentos.

Av. Consider

Erosão próxima à Av. Consider ameaçava alcançar o asfalto/Divulgação

 

Próximo à Av. Consider, a obra já está finalizada. Um muro de gabeão foi construído para conter novos deslizamentos e o asfalto da rotatória foi reconstituído. O custo total da obra é de R$ R$ 74.240,90. A erosão contida no local ameaçava alcançar a pista e preocupava os moradores.