Prestes a perder o mandato: prefeito some de Desterro para não assinar intimação em comissão processante

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
João batista Azzi
O prefeito João batista Azzi

Um fato atípico vem chamando a atenção de moradores, despertando boatos e curiosidade em Desterro de Entre Rios. Encrencado com a Câmara onde é réu em duas comissões processantes, o Prefeito João Batista Azzi sumiu da cidade.

Segundo o Presidente da Câmara, Valdir Carlos dos Santos, o “Cavaquinho”, desde o dia 17 de junho, representantes da comissão processante vem insistentemente tentando em vão intimar o prefeito, já que no próximo dia 4 de julho acontece a sessão em ocorre a votação final do relatório. Dos 9 vereadores pelo menos

Maquina no terrono de João Batista Azzi
Maquina pública no terreno de João Batista Azzi

7 já decidiram que votam pela cassação do prefeito.

As denúncias que culminaram na Comissão Processante são de que o prefeito foi flagrado usando

máquinas da prefeitura em serviços de seu próprio sítio. À época os vereadores registraram um boletim de ocorrência das ilegalidades constatadas.

Como se não bastasse os representantes da Comissão Processante se dirigiram até a cidade de Lagoa Santa onde mora o assessor jurídico da Prefeitura, porém também não foi encontrado.

Enquanto isso a população espera pelo aparecimento do prefeito, já que os moradores desconhecem que governa a cidade.

  • Nota da redação: o conteúdo jornalístico da matéria acima é de inteira responsabilidade do site. Agora quando se refere que 7 dos 9 vereadores vão votar pela cassação esta opinião é de estrita responsabilidade do jornal e não reflete na sua íntegra a verdade dos fatos pois a versão emitida é meramente especulativa. No caso, nossa reportagem se baseou em especulações e não entrevistou nenhum dos 9 vereadores para confirmar seus votos.

Fotos:Reprodução

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *