Primeira audiência pública: vereadores vão cobrar do governador aumento do efetivo e viaturas e implantação do “Olho Vivo” em Lafaiete

18

Em menos de 30 dias de atividades os vereadores já aprovaram a realização de 4 audiências, entre as quais a meia passagem, regularização fundiária e destinação de animais soltos nas ruas. Com a presença já antecipada do prefeito Mário Marcus (DEM), hoje, a partir das 18:00 horas, na sede da Câmara, acontece a primeira audiência pública.

O vereador Fernando Bandeira (PTB) justificou o seu requerimento diante da escalada de violência que atingiu Lafaiete no mês de dezembro com pelo menos 5 assassinato e duas tentativas. Segundo ele, o cidadão comum está refém de roubos e assaltos em Lafaiete. “As pessoas boas estão presas em suas casas diante o pânico de assaltos e os ladrões soltos nas ruas. Precisamos inverter esta lógica perversa em Lafaiete. Vamos cobrar do governador mais efetivo e veículos para nosso comando militar”, frisou Bandeira, que criticou a situação precária das viaturas.

O vereador João Paulo Pé Quente (DEM) adiantou que vai cobrar a falta de investimento do Governo do Estado na segurança pública de Lafaiete, como a implantação do programa “Olho Vivo”.

Foram convidadas, entre outras autoridades e entidades: Secretário de Estado de Defesa Social, secretário municipal de Defesa Social, comandante do 31º Batalhão de Policia Militar do Estado de Minas Gerais, delegada regional,  representantes do judiciário, Associação de Proteção aos Condenados de Conselheiro Lafaiete (APAC), Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente e direção presídio de Conselheiro Lafaiete.